O goleiro Brenno deve ter sua saída do Grêmio sacramentada nas próximas horas. Nesta quarta-feira (2), a direção tricolor terá um encontro com o empresário do atleta para definir os últimos moldes e analisar as propostas recebidas na última semana.

A tendência é de que Brenno seja negociado com o Bari, clube que disputa a 2ª divisão do Campeonato Italiano. A saída do jogador combina com a chegada de outro goleiro ao Grêmio: Trata-se de Caique, que está no Ypiranga, de Erechim.

Bari melhora oferta e avança pela contratação de Brenno

Para ter Brenno, o Bari teve de melhorar os números apresentados em sua oferta. Já havia concordância em outros termos da negociação, como o valor da opção de compra, o período do empréstimo e também o pagamento dos salários do atleta.

Entretanto, as partes discordavam sobre o valor da taxa de empréstimo: Inicialmente, os italianos ofereceram 200 mil euros (R$ 1 milhão na cotação atual), enquanto o tricolor exigia cerca de 700 mil euros (R$ 3,6 milhões). Após alguns dias de negociação com o representante do jogador, o Bari optou por melhorar de forma considerável sua oferta.

Com isso, o acordo caminha nos seguintes termos:

  • Empréstimo de uma temporada (até metade de 2024);
  • Opção de compra fixada em aproximadamente 2 milhões de euros (R$ 10,5 milhões);
  • Salários pagos pelo Bari;
  • Taxa de empréstimo de cerca de 700 mil euros (R$ 3,6 milhões)
Brenno deve deixar o Grêmio nas próximas horas. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Brenno deve deixar o Grêmio nas próximas horas. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

É importante dizer que, mesmo com o avanço, a negociação ainda não está totalmente concluída. Existem outros interessados em Brenno e que, em alguns casos, possuem projeto esportivo superior. O principal concorrente na disputa é o Valencia, da Espanha.

Entretanto, tudo caminha para um desfecho positivo. Caso confirmada, será a 10ª saída do tricolor nesta janela de transferências. O objetivo é, além de reduzir a folha salarial, abrir espaço para a chegada de outros jogadores solicitados pelo técnico Renato Portaluppi.