Um dos grandes responsáveis pelo Grêmio estar na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o atacante Luis Suárez viverá um momento especial em sua carreira nos próximos dias. O lendário camisa 9 uruguaio voltará a defender a seleção de seu país para os 2 próximos jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026.

A seleção, que hoje é comandada pelo técnico Marcelo Bielsa, vive processo de renovação e busca por novos jogadores para os próximos anos. E esta convocação pode, inclusive, mudar os rumos da carreira de Suárez.

Luis Suárez considera permanecer no Grêmio em 2024

Os 3 gols marcados diante do Botafogo na vitória gremista por 4x3 fora de casa deixou Suárez muito comovido. A postura, que inclusive chamou a atenção de companheiros antes da partida pelas falas de motivação no vestiário, foram um indício de que existe um fio de esperança nos bastidores para sua permanência em Porto Alegre no próximo ano. A informação foi divulgada primeiramente pelo jornalista Jeremias Wernek.

Luis Suárez é o artilheiro do Grêmio em 2023, com 26 gols marcados. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Luis Suárez é o artilheiro do Grêmio em 2023, com 26 gols marcados. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Antes da épica atuação em solo carioca, Suárez não dialogava nos bastidores sobre o cenário de atuar no Brasil em 2024. Foi justamente apegada neste fator que a direção tricolor publicamente descartou a hipótese quando perguntada. Em diversos momentos, o técnico Renato Portaluppi caracterizou como "milagre" contar com Suárez por mais uma temporada.

Internamente, a cúpula tricolor segue considerando como praticamente impossível a reversão do cenário, mesmo que exista vontade óbvia da manutenção de seu principal jogador. Entretanto, o principal fator que chamou a atenção no clube foi que o jogador, pela primeira vez, abriu brecha para a permanência, dependendo do grau de investimento no restante do elenco, visando a disputa da Libertadores.

Oficialmente, o clube não foi comunicado sobre nenhuma novidade envolvendo Suárez. Seu contrato segue válido apenas até dezembro deste ano e restam 4 jogos para o fim do Campeonato Brasileiro. Até lá, todas as energias estão voltadas para a disputa do título, que ainda segue matematicamente possível.