O Grêmio anunciou que o clube registrou o maior número de sócios da sua história. Nesta terça-feira (04), o Tricolor divulgou que são 93.867 associados ativos.

Reprodução / Internet
Reprodução / Internet

O maior números de sócios anteriormente foi registrado em novembro de 2017, quando o Grêmio foi tricampeão da Libertadores. Na época, o clube divulgou que tinha 92.694 associados.

— A torcida deu ao Grêmio a melhor resposta que precisávamos para comprovar que estamos no caminho certo no resgate do orgulho gremista. Essa é a verdadeira reconexão que buscávamos para levar novamente o Grêmio ao topo dos maiores clubes do Brasil e do Mundo — celebrou o presidente Alberto Guerra no site do clube.

Segundo a direção gremista, a crescente no número de sócios se deu após ação institucional chamada "o Grêmio te Convoca". Os bons resultados em campo no começo deste ano e a profunda reestruturação do plantel também foram destacados pelo Tricolor.

100 mil sócios

O presidente Alberto Guerra revelou que o objetivo inicial da gestão é atingir a marca de 100 mil associados. O mandatário do Tricolor também destacou que a direção acredita que possa alcançar número maior de sócios antes do dia 15 de setembro, data do aniversário de 120 anos do Grêmio. Esta marca corresponde a um aumento de cerca de R$5 milhões mensais, auxiliando o clube a ganhar fôlego nos cofres.

Antes do início da temporada 2023, que coincidiu com a chegada de Luis Suárez, o Grêmio tinha aproximadamente 60 mil associados. Na última sexta-feira (31), o clube divulgou a marca de 90 mil sócios ativos. Em quatro dias, o recorde que durava desde 2017 foi quebrado.