O Grêmio trabalha nos bastidores para fechar o elenco comandado pelo técnico Renato Portaluppi. Após acertar a chegada de 7 reforços, a direção gremista ainda identifica carências, mas esbarra na dificuldade financeira e no curtíssimo prazo para concretizar novas contratações.

Entretanto, outro "problema" encontrado nos bastidores durante os últimos meses foi a inflação do mercado por conta de grandes injeções de dinheiro realizadas em outros clubes. Sendo assim, a solução encontrada foi garimpar atletas sem contrato ou sem espaço em adversários, tendo valor de mercado inferior.

Estes fatores fazem com que o Grêmio esteja em 12º no ranking de gastos da atual janela de transferências, de acordo com levantamento feito pelo GE. Ao todo, o tricolor gastou até aqui cerca de R$32,6 milhões, sendo o maior investimento pelo atacante argentino Cristian Pavón. O custo de sua compra junto ao Atlético-MG foi de aproximadamente R$20 milhões. Veja o ranking completo.

Grêmio faz esforço para ter time competitivo em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Grêmio faz esforço para ter time competitivo em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Times que mais gastaram com contratações em 2024

TIME VALOR GASTO Nº DE CONTRATAÇÕES
1 Flamengo R$ 158 milhões 3
2 Botafogo R$ 131,7 milhões 10
3 Corinthians R$ 130,3 milhões 10
4 Vasco da Gama R$ 120,2 milhões 9
5 Palmeiras R$ 90,6 milhões 5
6 Athletico R$ 76,2 milhões 7
7 São Paulo R$ 68,9 milhões 5
8 Internacional R$ 54,3 milhões 9
9 Bahia R$ 51,5 milhões 7
10 Atlético-MG R$ 42 milhões 2
11 Fortaleza R$ 36,4 milhões 6
12 Grêmio R$ 32,6 milhões 7
13 Fluminense R$ 21,2 milhões 8
14 Cuiabá R$ 14,2 milhões 11
15 Cruzeiro R$ 11,8 milhões 9
16 RB Bragantino R$ 5,3 milhões 4
17 Vitória R$ 4,2 milhões 18
18 Atlético-GO R$ 4,1 milhões 18
19 Juventude R$ 900 mil 17
20 Criciúma R$ 480 mil 8

Líder disparado do ranking, o Flamengo efetuou 3 contratações apenas, mas todas envolvendo altas cifras. Pelas chegadas do zagueiro Léo Ortiz, do meia De La Cruz e do lateral-esquerdo Matías Viña, foram cerca de R$158 milhões pagos.

Nas últimas horas da janela, o Grêmio tenta concretizar a chegada de um zagueiro com status de titularidade. O plano A é Pedro Henrique, do Athletico e que teve uma oferta recusada pela direção do Furacão por conta dos valores, considerados insuficientes.

Até aqui, o Grêmio contratou os seguintes jogadores:

  • Marchesín (goleiro): Contratado sem custos após rescisão com o Celta de Vigo;
  • Mayk (lateral-esquerdo): Comprado junto ao Guarani - valores não divulgados;
  • Du Queiroz (volante): Contratado por empréstimo junto ao Zenit (400 mil euros de taxa);
  • Dodi (volante): Contratado junto ao Santos por R$4,8 milhões;
  • Soteldo (meia-atacante): Contratado por empréstimo junto ao Santos;
  • Cristian Pavón (atacante): Contratado junto ao Atlético-MG por 4 milhões de dólares;
  • Diego Costa (atacante): Contratado sem custos pois estava livre no mercado;