Com o orçamento ainda apertado, o Grêmio trabalha pela busca de receitas para cumprir as principais obrigações. Mesmo com o desempenho acima do esperado até o momento, e que deve gerar maiores premiações, o clube ainda precisa cumprir a meta de vendas do ano, que foi fixada em aproximadamente R$ 75 milhões.

Até o momento, cerca de R$ 47 milhões já foram arrecadados, sendo a negociação mais expressiva envolvendo o meia Bitello. O jogador, que foi negociado com o Dínamo Moscou, da Rússia, rendeu 10 milhões de euros (R$ 53 milhões) e 7 milhões de euros (R$ 37 milhões) ficaram nos cofres do tricolor.

Com isso, a direção gremista aposta na saída definitiva de jogadores emprestados para fechar as contas do ano. Atualmente, são 9 atletas que estão emprestados pelo tricolor e que podem trazer uma boa quantia ao fim deste ano. São eles: Adriel, Brenno, Rodrigues, Guilherme Guedes, Gabriel Silva, Campaz, Pedro Lucas, Zinho e Guilherme.

Grêmio mira vendas de jogadores emprestados para fechar o ano. (Foto: Talis Andrey de Mello)
Grêmio mira vendas de jogadores emprestados para fechar o ano. (Foto: Talis Andrey de Mello)

A opção de compra dos jogadores emprestados pelo Grêmio

JOGADOR POSIÇÃO EMPRÉSTIMO ATÉ CLUBE VALOR CONVERTIDO
Campaz Meia Dezembro / 2023 Rosario Central - ARG 2 milhões de dólares R$ 10,3 milhões
Brenno Goleiro Julho / 2024 Bari-ITA 2,2 milhões de euros R$ 11,8 milhões
Adriel Goleiro Julho / 2024 Bahia 3,4 milhões de euros R$ 18,3 milhões
Pedro Lucas Meia Dezembro / 2023 Ceará 2 milhões de euros R$ 11 milhões
Gabriel Silva Meia Dezembro / 2023 Coritiba 1,5 milhão de euros R$ 8,1 milhões
Guilherme Atacante Dezembro / 2023 Fortaleza 1 milhão de dólares R$ 5 milhões
Rodrigues Zagueiro Dezembro / 2023 SJ Earthquakes- EUA 700 mil dólares R$ 3,6 milhões

Outros 2 atletas que constam nesta lista são o lateral-esquerdo Guilherme Guedes e o atacante Zinho. Guilherme estava emprestado ao Ypiranga para a disputa da série C do Campeonato Brasileiro e em seu empréstimo não consta nenhuma cláusula de compra.

A situação de Zinho é diferente. O atacante de 20 anos foi emprestado ao Portimonense, de Portugal, até julho de 2024 e não consta na lista por, diferentemente dos outros empréstimos, não estar estabelecido em contrato valores para compra antecipada. Além disso, o valor da opção de compra por parte dos portugueses foi mantido em sigilo até o momento.