O atacante Gustavo Nunes fez sua estreia na equipe profissional do Grêmio na tarde deste sábado (10), na Arena do Grêmio. O jogador foi chamado aos 43 minutos do primeiro tempo para entrar na vaga de Jhonata Robert, que saiu lesionado.

Na reta final da partida, Gustavo foi importante para ajudar a equipe gremista a empatar o jogo. Aos 42 minutos, o camisa 37 Tricolor cruzou com perfeição na cabeça de Everton Galdino, que mandou para o gol.

"Foi um dia muito especial para mim, estou muito feliz. Fazer minha estreia no profissional era um grande sonho e graças ao Grêmio consegui realizar. Sou muito grato a este clube por conseguir viver esse momento. Agora vou continuar focado, trabalhar bastante e ajudar o professor Renato da melhor forma", disse Gustavo Nunes.

Gustavo Nunes fez sua 1ª partida como profissional diante do São Luiz. (Foto: Victor Lannes / Reprodução pessoal)
Gustavo Nunes fez sua 1ª partida como profissional diante do São Luiz. (Foto: Victor Lannes / Reprodução pessoal)

Essa semana foi especial para Gustavo. No dia 8 de fevereiro, a promessa do Grêmio assinou a renovação de contrato com a equipe gaúcha até o fim de 2028. Aos 18 anos, o atleta também compõe a categoria Sub-20 na Base Gremista e foi um dos destaques do time na Copa São Paulo 2024.

"Ficar no Grêmio sempre foi minha prioridade e graças a Deus deu tudo certo. Estou muito feliz e motivado para continuar trabalhando e dar alegria aos torcedores. Podem ter certeza de que dedicação e trabalho nunca vai faltar da minha parte, seja na base ou no profissional. Estou aqui para ajudar o Grêmio", completa Gustavo Nunes.

Gustavo nasceu em São Vicente (SP), mas foi criado na Praia Grande, cidade brasileira no litoral paulista. Sua vida no mundo da bola começou na escolinha Ocean, logo aos seis anos. Durante essa caminhada, chegou a fazer um teste e foi aprovado para a base do Santos.

Sua chegada ao Grêmio aconteceu em 2021 e teve uma rápida adaptação. Ele foi destaque e já chamou a atenção no Campeonato Brasileiro Sub-17, levando o Tricolor até uma inédita final de competição. No ano seguinte, fez parte da campanha do título invicto no Estadual Sub-20 e peça importante do técnico Airton Fagundes na caminhada até a final da Copa do Brasil da categoria.