O meio-campista Villasanti, que tem se destacado no Grêmio, está no centro das atenções dos torcedores e da diretoria do clube. O jogador paraguaio, que chegou ao time em agosto de 2021, vindo do Cerro Porteño, tem contrato válido até o final da próxima temporada, mas já estão em andamento as negociações para renovar seu vínculo com o Tricolor Gaúcho.

Com uma atuação brilhante em 2023, Villasanti disputou 49 jogos pelo Grêmio, com sete gols e sete assistências, números que não apenas satisfizeram, mas também encantaram a torcida. Sua qualidade foi reconhecida com o prêmio Bola de Prata do Brasileirão 2023, que reafirma seu valor e influência no elenco.

As negociações entre o jogador e o clube começaram em outubro e, embora estejam paralisadas, há otimismo por parte das duas partes. O clube reconhece a importância de valorizar o jogador e garantir sua permanência, tendo em vista o interesse de outras equipes, incluindo o Palmeiras.

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

O contrato atual de Villasanti prevê uma cláusula de renovação automática por mais um ano se ele disputar 60% dos jogos de 2024. No entanto, as conversas também abrangem melhorar as condições salariais do atleta.

Grêmio adota cautela na negociação

Apesar da cautela ser a palavra de ordem no Grêmio no momento, a diretoria reconhece a importância de agir preventivamente em relação a Villasanti, não apenas em termos de renovação contratual, mas também para protegê-lo de olhares cobiçosos de outros times.

A contratação do meio-campista representou um investimento significativo, de aproximadamente R$ 15,7 milhões. É crucial para o Grêmio consolidar o relacionamento com o jogador, que já demonstrou interesse em permanecer no clube, garantindo assim o retorno do investimento e fortalecendo a equipe para competições futuras.