A janela de transferências do Grêmio já começou movimentada. Após anunciar e apresentar a contratação do meia-atacante Juan Iturbe, o tricolor trabalha por outras possíveis chegadas. Entretanto, também existem possibilidades de saída e um nome em especial é, neste momento, o principal ativo do clube: Trata-se de Bitello.

Aos 23 anos e atualmente um dos jogadores de maior potencial no futebol brasileiro, o meia já é cobiçado e observado por diversos clubes do futebol europeu, que já buscaram informações sobre sua situação contratual e podem apresentar ofertas nas próximas semanas.

Além disso, o clube já rejeitou 2 propostas oficiais, ambas do Mônaco. O valor máximo oferecido foi de 10 milhões de euros (R$ 53,7 milhões), o que não agradou a direção gremista. O clube espera receber, pelo menos, 13 milhões de euros (R$ 69,8 milhões na cotação atual), em uma eventual negociação.

Olympique de Marseille aumenta concorrência por Bitello e realiza sondagem

O Olympique de Marseille, tradicional clube francês, manifestou interesse em Bitello e buscou informações sobre sua situação contratual. Com isso, se junta a outros 6 clubes no mesmo status: CSKA e Spartak Moscou (Rússia), Benfica e Sporting (Portugal), Union Berlin (Alemanha) e o próprio Mônaco, da França.

Bitello ganhou mais um interessado na Europa: O Olympique de Marseille. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Bitello ganhou mais um interessado na Europa: O Olympique de Marseille. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

A possibilidade do Olympique de Marseille é promissora por vários fatores. Dentre eles, está o fato de ser um time muito competitivo em território francês e disputar a próxima edição da UEFA Champions League. Com isso, o clube tem capacidade de investimento necessária para chegar aos valores pretendidos pelo Grêmio.

Bitello tem contrato até dezembro de 2025, e o Grêmio possui 70% de seus direitos econômicos. Seu salário é um dos menores do elenco, sendo de aproximadamente R$ 130 mil mensais e a multa rescisória prevista é mantida em sigilo.