Com a janela de transferências oficialmente fechada, a direção do Grêmio trabalha por resolver outras questões importantes para a manutenção do elenco comandado pelo técnico Renato Portaluppi. Dentre as pautas está a renovação de contrato do zagueiro Gustavo Martins, muito valorizado nos primeiros meses deste ano.

Atualmente reserva, o jogador já negocia há algumas semanas a possível ampliação do vínculo, que tem duração até dezembro de 2025. Entretanto, existe divergência sobre os valores, já que os valores propostos inicialmente pelo clube são considerados insuficientes.

A negociação entre Grêmio e Gustavo Martins pela renovação de contrato

Gustavo Martins atua no time profissional do Grêmio desde o início de 2023. Hoje, seu contrato é com valores e multa rescisória com padrão de categoria de base, tendo um dos menores salários do grupo de jogadores. Seus vencimentos são inferiores a R$50 mil mensais.

A valorização do jogador no mercado se tornou ainda mais evidente após as tentativas do Braga, de Portugal, por sua contratação. O clube português ofereceu, em sua proposta mais robusta, quase 6 milhões de euros (R$32 milhões) e mesmo com o alto valor envolvido, a avaliação da direção gremista é de que seu valor aumentará ainda mais assim que receber maior sequência no time titular.

Gustavo Martins negocia renovação de contrato com o Grêmio. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Gustavo Martins negocia renovação de contrato com o Grêmio. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

O desejo de ambas as partes é de um desfecho positivo pela renovação do vínculo. As conversas seguem e a tendência é de que, em caso de acordo, o contrato de Gustavo Martins seja renovado até 2028.

Além de Gustavo Martins, o Grêmio possui os seguintes zagueiros em seu elenco: Bruno Uvini, Natã, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Rodrigo Ely.