O Grêmio está no mercado em busca de opções para o elenco do técnico Renato Portaluppi nas últimas semanas da janela de transferências. Com a chegada já anunciada de Juan Iturbe, outro atacante entrou no radar do tricolor gaúcho: Trata-se de Alexis Sánchez, de 34 anos e que está livre no mercado.

O chileno, que não renovou contrato com o Olympique de Marseille, da França, entrou na lista de observação da direção gremista, que tenta reforçar o setor ofensivo. O clube recebeu o indicativo de valores pedidos pelo staff do atleta e agora, fará uma análise interna para discutir a possibilidade de avançar por uma proposta oficial.

A posição do Grêmio sobre o interesse em Alexis Sánchez

Por ser um jogador de nível e repercussão mundial, Sánchez é muito cobiçado por clubes do mundo todo e a direção do Grêmio está ciente de que, em caso do interesse avançar para uma oferta, terá de pagar valores acima de quase todo o elenco. Tal situação necessita de diversos fatores para se tornar viável.

Um destes fatores é a redução da folha salarial. Independente do interesse em Sánchez, o Grêmio realizou nas últimas semanas pelo menos 7 saídas: Diogo Barbosa, Lucas Silva, Thiago Santos, Thomas Luciano, Vina, Diego Souza e deve anunciar a qualquer momento a ida de Darlan ao futebol da Bulgária.

Outro fator importante é, principalmente no objetivo de manter a saúde financeira, recorrer a parceiros para bancar os salários. Os vencimentos de Sánchez no Olympique de Marseille superavam a cifra de R$ 1,2 milhão, além dos impostos. Esta quantia, neste momento, é considerada impraticável para o tricolor arcar de forma independente.

Sánchez entrou no radar do Grêmio para esta janela de transferências. (Foto: FIFA / Divulgação)
Sánchez entrou no radar do Grêmio para esta janela de transferências. (Foto: FIFA / Divulgação)

Sobre a ajuda de investidores, o clube ainda não consultou de forma concreta parceiros principalmente por ter a convicção de que o elenco necessita de peças também em quantidade. O grande objetivo é anunciar pelo menos mais 3 reforços até o dia 2 de agosto, quando fecha a janela de transferências.

É importante dizer que o nome não é totalmente descartado nos bastidores, mas é admitida a dificuldade de avanço pelas questões financeiras. Basicamente, tudo ainda envolvendo este jogador é muito inicial. O clube sabe as condições e valores, mas não há certeza sobre a viabilidade do projeto. Os próximos dias serão de análise e diálogos sobre este tema.