A novela envolvendo Luis Suárez e Grêmio segue no protagonismo dos bastidores do clube e aos poucos, caminha para uma definição. Nas últimas horas, iniciaram as negociações por uma liberação do atacante, que inicialmente tem contrato até dezembro de 2024 e pretende atuar com Messi no futebol norte-americano.

A partir disso, o Inter Miami se dispôs a comprar o jogador, que não conseguiu a rescisão de contrato de forma gratuita. As conversas nesse sentido não evoluíram principalmente pela recusa do Grêmio em abandonar um projeto montado a longo prazo. Diante disso, uma compensação entrou em cena.

Os caminhos do Grêmio para negociar Suárez com o Inter Miami

Internamente, o Grêmio segue resistente em liberar o grande nome do seu elenco neste momento. Diante disso, também admite que em caso de um acordo positivo, pode ter se desfazer do atleta. Nos últimos dias, o atacante abriu a possibilidade de oferecer 10 milhões de dólares (R$ 47,7 milhões na cotação atual).

O valor ainda é considerado baixo pela cúpula gremista, que avalia o potencial de receita oriunda da permanência de Suárez consideravelmente maior. A pedida inicial do clube beira os 15 milhões de dólares (R$71,5 milhões). A tendência é que o assunto seja debatido entre todas as partes em diversas oportunidades nos próximos dias.

Luis Suárez pretende deixar o Grêmio para atuar pelo Inter Miami, dos Estados Unidos. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Luis Suárez pretende deixar o Grêmio para atuar pelo Inter Miami, dos Estados Unidos. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

O efeito milionário nos cofres do Grêmio com Suárez

A presença de Luis Suárez trouxe consequências muito positivas também fora de campo. Desde o anúncio de sua contratação, o clube registrou um aumento de aproximadamente 50 mil sócios, gerando elevação superior a R$ 3 milhões mensais.

Além disso, também houve aumento recorde nas vendas de produtos oficiais do clube. Nos primeiros 6 meses do ano, foram arrecadados aproximadamente R$22 milhões, quantia nunca antes vista neste período. As vendas de camisas com nome e número do uruguaio alcançou 60% do total das camisas vendidas.

Por fim, sua contratação também possibilitou ao Grêmio melhorar alguns de seus patrocínios. O acordo fechado com uma casa de apostas, por exemplo, foi de R$50 milhões por 3 anos, valor bem superior em relação aos R$ 5 milhões anuais pagos pelo antigo parceiro do ramo.

Em meio a tudo isso, Suárez sequer foi relacionado para a partida contra o Atlético-MG, neste sábado (22), pelo Brasileirão. Segue a indefinição sobre o futuro do atleta.