Se o Grêmio segue vivo na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, muito se deve ao trabalho feito pelo técnico Renato Portaluppi, pelo rendimento acima do esperado por parte de alguns jogadores e principalmente pela presença de Luis Suárez. Com orçamento reduzido e elenco com menos opções do que seus concorrentes diretos, o tricolor tenta contar ao máximo com suas principais peças.

Entretanto, alguns fatores atrapalharam o time e dentre eles está o número de jogadores lesionados. Com o afastamento de alguns dos principais jogadores por longos períodos, foi evidente a queda técnica do time e também de resultados, perdendo pontos preciosos dentro e fora de casa.

Por isso, realizamos uma análise completa sobre o DM do Grêmio em 2023. Além de ilustrar e analisar as principais informações, comparamos com anos anteriores para entender se houve melhora ou piora neste setor do clube. Confira.

DM do Grêmio em 2023; Veja a análise completa

Até o momento, o Grêmio registrou 32 lesões confirmadas. Situações menos graves, como pancadas e edemas musculares, que não são consideradas lesões, não foram contabilizadas nesta análise.

Em comparação aos anos anteriores, o número não é considerado fora da média. Em 2022, por exemplo, também foram 32 casos confirmados, enquanto em 2021 o número subiu para 34.

Se forem contabilizados desconfortos ou relatos de dores, o índice sobe para pelo menos 36. É o caso de JP Galvão, por exemplo, que ficou afastado dos gramados por cerca de um mês após relatos de dores na virilha. Veja a relação dos últimos 5 anos:

  • 2022: 32
  • 2021: 34
  • 2020: 47
  • 2019: 29
  • 2018: 64

Local das lesões

Nesta temporada, o tipo mais comum de lesão é a muscular. Exatamente 50% dos casos de lesões e desconfortos esteve localizado na coxa dos jogadores, por exemplo. São 18 dos 36 casos. Além disso, outros 9 casos foram confirmados com lesões no joelho:

  • Lesões na coxa: 18
  • Lesões no joelho: 9
  • Lesões no tornozelo: 3
  • Lesões na face: 1
  • Lesões na mão: 1
  • Desconforto na virilha: 1
  • Desconforto no joelho: 2
  • Pubalgia: 1

O jogador do atual elenco gremista que mais vezes foi ao Departamento Médico é o lateral-direito Fabio, que teve 4 lesões confirmadas. Foram 2 lesões musculares, uma no tornozelo e outra no joelho.

Além dele, outro atleta que se tornou presença constante no DM foi o volante Pepê, que teve 3 casos de lesão na coxa.

Fabio é, até o momento, o jogador do Grêmio com mais lesões confirmadas neste ano: 4. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Fabio é, até o momento, o jogador do Grêmio com mais lesões confirmadas neste ano: 4. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Veja abaixo a relação completa de lesões do Grêmio em 2023:

JOGADOR LESÃO 1 LESÃO 2 LESÃO 3 LESÃO 4
Felipe Scheibig Fratura no tornozelo
Fabio Grau 1 coxa direita Grau 3 na coxa Ruptura lig. tornozelo Ruptura lig. colateral joelho
João Pedro Grau 2 coxa esquerda Grau 2 coxa direita
Reinaldo Ruptura lig. colateral joelho
Cuiabano Estiramento bíceps coxa direita Distensão grau 2 coxa direita
Diogo Barbosa Entorse no joelho
Geromel Lesão meniscal no joelho Grau 1 coxa esquerda
Kannemann Fratura mão direita
Bruno Uvini Grau 2 coxa esquerda
Rodrigo Ely Grau 2 coxa esquerda
Natã Entorse tornozelo direito
Gustavo Martins Lesão no joelho
Villasanti Múltiplas fraturas na face
Lucas Silva Desconforto joelho
Felipe Carballo Pubalgia Grau 1 lig. colateral medial joelho direito
Pepê Lesão posterior coxa esquerda Lesão tendínea de alto grau coxa esquerda Estiramento grau ll coxa esquerda
Mila Ruptura ligamento cruzado anterior joelho direito
Cristaldo Lesão muscular (grau não informado) Lesão adutor coxa direita
Nathan Grau 1 adutor coxa esquerda
Iturbe Grau 2 coxa direita
Ferreira Desconforto muscular Distensão grau 2 adutor coxa esquerda
Galdino Distensão coxa esquerda
JP Galvão Dores na virilha
Luis Suárez Dores no joelho direito
Diego Souza Ruptura menisco joelho esquerdo