Buscando realizar em 2024 um rendimento melhor do que em 2023, onde foi vice-campeão brasileiro, o Grêmio trabalha nos bastidores para reforçar o elenco comandado pelo técnico Renato Portaluppi. Tendo boa capacidade de investimento, o clube mira na próxima janela de transferências, que abre em julho, para suprir as principais carências do grupo.

No atual elenco, a grande necessidade da direção gremista é a contratação de zagueiros. O clube já identificou internamente que os problemas físicos de Geromel e o nível técnico apresentado por Rodrigo Ely são insuficientes para as principais competições da temporada.

Com isso, um nome em especial está no radar do clube: Yerry Mina. De acordo com informação do jornalista Pedro Ernesto Denardim, o colombiano de 29 anos é a grande prioridade do Grêmio para os próximos meses.

O contrato e o salário de Yerry Mina, que interessa ao Grêmio

Desde que deixou o Palmeiras, em 2017, para se transferir ao Barcelona, Yerry Mina apresenta rendimento abaixo do esperado por sua qualidade técnica. O jogador foi contratado pelo Cagliari, da Itália, em fevereiro deste ano por um contrato de apenas 6 meses, com opção de renovação por mais uma temporada.

(Foto: Maddie Meyer/Getty Images)
(Foto: Maddie Meyer/Getty Images)

Seu salário, de acordo com o site Salary Sport, especializado em divulgar remuneração de jogadores na Europa, é de aproximadamente R$800 mil mensais líquidos. Somado aos impostos, seu salário mensal ultrapassa a casa de R$1 milhão.

Por ter a possibilidade de ficar livre no mercado ao fim da temporada europeia, o zagueiro é considerado uma grande oportunidade de mercado para os times brasileiros. Mesmo que seu desempenho no futebol italiano não seja dos melhores, Mina ainda é presença constante na seleção colombiana.

Nesta temporada, Yerry Mina disputou apenas 14 jogos, com 1 assistência computada. Antes disso, vestiu as camisas de Fiorentina, Everton, Barcelona, Palmeiras e Independiente Santa Fe.