A CBF divulgou, na manhã desta terça-feira (19), o áudio do VAR no pênalti não marcado a favor do Grêmio na partida diante do Corinthians, que aconteceu na última segunda-feira (18) e foi válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo terminou empatado pelo placar de 4x4.

O lance gerou muita revolta por conta da decisão do árbitro de campo, Wilton Pereira Sampaio, corroborada pela equipe do VAR, que foi liderada por Emerson Ferreira. Confira abaixo a íntegra do diálogo.

CBF divulga áudio do VAR do jogo entre Corinthians e Grêmio

Após o lance, é solicitado pela equipe do VAR que o jogo seja paralisado para a checagem por diversos ângulos:

"Aguarde, chegando. Aguarde, ok Wilton?", diz a cabine do VAR.

Após cerca de um minuto de análise do lance, o árbitro de vídeo alega que o movimento feito por Yuri Alberto não seria o suficiente para a marcação do pênalti, sendo um movimento natural:

"O jogador, mesmo estando com a mão nesta posição, acho que ele está natural para essa disputa de bola." finalizou.

Durante a análise, um dos assistentes sugere que o braço de Yuri Alberto estivesse muito aberto, confirmando a infração e consequentemente, o pênalti:

"Você não acha que este braço está muito aberto? Que essa bola passaria se não bate neste braço?" pergunta o assistente 2, Michael Patrick Costa Guimarães.

Entretanto, o árbitro de vídeo principal alega que não seria uma ação de bloqueio:

"Para mim, ele não está com intenção de bloquear. Ele está com a intenção de disputar a bola. É diferente." finaliza.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Após a partida, o técnico Renato Portaluppi e o presidente Alberto Guerra se manifestaram em entrevista coletiva sobre o lance, alegando que seria um erro grave e claro, prejudicando o Grêmio na possibilidae de marcar o gol da vitória em solo paulista.

O chefe da comissão de arbitragem da CBF, Wilson Luiz Seneme, ainda não se manifestou.