O atacante Ferreira está no topo da lista de jogadores negociáveis dentro do elenco gremista. Pelo período relativamente curto de contrato e o custo-benefício considerado alto para os padrões do clube neste momento, o camisa 10 tricolor desperta o interesse de alguns clubes do futebol brasileiro e do exterior.

No Brasil, 2 clubes correm como principais interessados: São Paulo e Corinthians. Vivendo cenários diferentes no que diz respeito a capacidade de investimento e desejo em ter Ferreira como um reforço para 2024. Por isso, os clubes trabalham para superar a principal dificuldade de toda a operação, que é seduzir a direção gremista a aceitar um acordo.

Ferreira deve deixar o Grêmio em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Ferreira deve deixar o Grêmio em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Corinthians e São Paulo disputam contratação de Ferreira

Pelo lado do São Paulo, o clube não tem condições de realizar compras consideráveis, mesmo com o título da Copa do Brasil. Por isso, o molde considerado "perfeito" seria uma troca de jogadores sem compensação financeira.

Dentro disso, 2 nomes entraram na pauta deste negócio: O lateral-direito Igor Vinicius e o volante Luan. Entretanto, as partes ainda não chegaram a um acordo e seguem debatendo a viabilidade da situação.

Já sobre o interesse do Corinthians, a informação trazida primeiramente pelo jornalista Diogo Rossi é de que o Timão entrou de vez na briga, mas busca uma composição diferente para acelerar as tratativas.

O "trunfo" do Timão é justamente a possibilidade de poder comprar o jogador, o que por conta da necessidade financeira do time gaúcho, é o modelo prioritário de negociação. Vale lembrar que o Grêmio ainda não atingiu a meta de vendas deste ano, que é de aproximadamente R$ 73 milhões.

O contrato de Ferreira com o clube vai até dezembro de 2024 e apenas 35% dos seus direitos econômicos estão vinculados ao tricolor. Nesta temporada, são 37 jogos, com 6 gols marcados e 6 assistências.