Vivendo momento extremamente positivo na temporada, sendo vice-líder do Campeonato Brasileiro e nas quartas de final da Copa do Brasil, o Grêmio trabalha fortemente nos bastidores para a próxima janela de transferências, que abre oficialmente no dia 3 de julho. E o clube está próximo de anunciar seu primeiro reforço para o 2º semestre: Trata-se do atacante Juan Iturbe.

As partes negociam há cerca de 20 dias e após algumas divergências, a situação avançou e agora está concluída. A tendência é que o atacante seja anunciado assim que possível e o contrato oficial deve ser assinado ainda nesta semana.

Iturbe deve assinar vínculo com o Grêmio até dezembro de 2024. Seu salário mensal sofrerá reajuste ao fim desta temporada, mas não se tornará extremamente caro para a folha salarial. O acordo ficou nos seguintes termos:

  • Salário de R$210 mil mensais até dezembro deste ano (R$320 mil de salário bruto, somado a impostos e luvas);
  • U$$ 200 mil de luvas (pagas de forma mensal até dezembro de 2024);
  • A partir de 2024, salário de R$ 278 mil mensais (salário de aproximadamente R$ 410 mil bruto, somado a impostos e luvas).
Iturbe deve ser anunciado pelo Grêmio nos próximos dias. (Foto: Aris / Divulgação)
Iturbe deve ser anunciado pelo Grêmio nos próximos dias. (Foto: Aris / Divulgação)

Vontade de Iturbe foi importante para o desfecho positivo do negócio

Durante as negociações entre Grêmio e Iturbe, a vontade do jogador foi muito importante para um desfecho positivo. O atleta conversou por telefone com o técnico Renato Portaluppi e os dirigentes responsáveis pela negociação.

As conversas, principalmente com Renato, foram com o objetivo de conhecer as características de Iturbe dentro e fora de campo, além de entender exatamente qual será sua função no elenco e detalhes do clube e também do futebol brasileiro.

O último clube de Iturbe foi o Aris, da Grécia. Na última temporada europeia, foram 41 jogos, com 6 gols marcados e 3 assistências.