O Grêmio corre contra o tempo para anunciar a chegada de reforços e aumentar o número de opções para o técnico Renato Portaluppi. O Departamento de Futebol do clube já estabeleceu suas prioridades e com isso, trabalha por concluir negociações pendentes respeitando o prazo final de inscrições para o Campeonato Gaúcho, que é o dia 16 de fevereiro.

Dentro disso, a prioridade máxima é reforçar o sistema ofensivo. Sendo assim, um nome segue na pauta do Grêmio: Trata-se de Junior Santos, de 29 anos e que atualmente defende o Botafogo. Atacante de velocidade e com possibilidade de atuar nos 2 lados do campo, Junior conta com aprovação por parte da comissão técnica.

O salário e os detalhes do contrato de Junior Santos com o Botafogo

Junior Santos tem contrato com o Botafogo até dezembro de 2025 e foi um dos destaques do Glorioso na temporada passada. Presente em 37 dos 38 jogos da equipe na última edição do Brasileirão, o atleta marcou 7 gols e deu 1 assistência, sendo titular absoluto da posição no ano passado.

Em março, o Botafogo pagou ao Fortaleza cerca de 200 mil dólares (R$1 milhão) para ter 100% dos direitos econômicos do jogador. Ainda havia a possibilidade de pagar mais 100 mil dólares (R$500 mil) de acordo com metas de performance.

Junior Santos entrou no radar do Grêmio. (Foto: Vitor Silva / Botafogo)
Junior Santos entrou no radar do Grêmio. (Foto: Vitor Silva / Botafogo)

No acordo também foi definido que o Glorioso assumiria a dívida pendente com seu antigo clube, o Sanfrecce Hiroshima, do Japão. A operação total girou em cerca de R$3,7 milhões.

O salário atual de Junior Santos no Botafogo é de aproximadamente R$350 mil mensais, de acordo com a imprensa carioca. Pela importância para o time, a tendência é de que o Botafogo não facilite sua saída.

Ainda nesta janela de transferências, o Botafogo já acertou a contratação de Luiz Henrique junto ao Lyon por aproximadamente 20 milhões de euros (R$101 milhões), aumentando a concorrência com o também contratado Jeffinho.