Mesmo ainda sem ter sua situação definida na tabela do Campeonato Brasileiro, o Grêmio já observa o mercado mirando alguns nomes para a próxima janela de transferências e o ano de 2024. Além do atacante Bruno Henrique, outro jogador do Flamengo entrou no radar da direção tricolor: Trata-se do meia Éverton Ribeiro.

Aos 34 anos de idade, o capitão rubro-negro está em fim de contrato e vive momento de baixa na carreira, principalmente após a chegada do técnico Jorge Sampaoli. Com isso, as conversas sobre uma possível renovação de contrato esfriaram, muito por conta de duas divergências: Patamar salarial e tempo de contrato.

Com isso, e já com a possibilidade de assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe, outros times do futebol brasileiro já consultaram o staff do atleta para saber os termos de uma possível contratação. Vale lembrar que, além do Grêmio, o Fluminense também fez os primeiros movimentos para manifestar interesse.

Patamar salarial e tempo de contrato

Levando em consideração os termos solicitados para a renovação do vínculo com o Flamengo, a ideia é que seja formulado um contrato de pelo menos 2 temporadas, visando dar estabilidade a este momento final de carreira do jogador.

Everton Ribeiro entrou na mira do Grêmio para 2024. (Foto: Gilvan de Souza / CRF)
Everton Ribeiro entrou na mira do Grêmio para 2024. (Foto: Gilvan de Souza / CRF)

Além disso, existe também o desejo de uma valorização salarial. Os atuais vencimentos do meia no time rubro-negro superam a casa do R$1 milhão, o que é considerado um valor elevado para o padrão dos outros times. Entretanto, também existe o entendimento de que, caso se confirme a saída, o atleta terá de reduzir sua pedida.

Mesmo assim, a prioridade segue sendo a permanência no Flamengo. Antes de negociar com outros clubes, o desejo do jogador e de seu empresário é de esgotar as possibilidades de renovação, principalmente pela identificação com o clube carioca. A chegada de Tite, nome cogitado para novo técnico, pode mudar o cenário atual nas tratativas.

Nesta temporada, Éverton Ribeiro está entre os reservas e com isso, perdeu muito espaço para outros jogadores. No esquema de Sampaoli, por exemplo, Gerson foi utilizado mais adiantado ao lado de Arrascaeta.

Existe também a expectativa para que clubes do exterior, principalmente do mundo árabe, possam se movimentar por sua contratação.