A reapresentação do time profissional do Grêmio nesta segunda-feira (8) marcou o início de mudanças importantes dentro da estrutura do clube. Em 2024, entrará em ação a 2ª etapa planejada pela atual direção visando uma forte reformulação no Departamento Médico, que mudou até mesmo de nome.

O setor, que hoje é denominado Departamento de Ciência, Saúde e Performance (DCSP), tem como principal coordenador Rafael Barleze, contratado ainda no início de 2023. Além dele, o vice-presidente Gustavo Bolognesi também tem a responsabilidade sobre as principais decisões da área.

A eles, foi encarregada a tarefa de colocar em prática o plano de reestruturação deste braço do futebol profissional em 3 etapas: Primeiramente a melhora na infraestrutura, equipamentos e protocolos, seguido de mudanças de pessoal e após, otimização dos processos.

Após anunciar no ano passado diversas parcerias, que renderam aproximadamente R$ 5 milhões em equipamentos, será iniciada a 2ª etapa, com algumas demissões. Confira abaixo tudo o que já se sabe sobre o assunto.

As mudanças no DM do Grêmio em 2024

A primeira informação, divulgada pelo jornalista Diego Torbes, é de que pelo menos 3 profissionais do setor médico foram desligados. Entre eles, estaria o Dr. Marcio Dornelles, médico do clube há alguns anos.

Além deles, um fisioterapeuta (Gustavo Pacheco) e um nutricionista (Guilherme Oliveira), também foram desligados, de acordo com informação de Jeremias Wernek.

Posteriormente, o jornalista Juliano Britto informou que será contratado um preparador atlético. Este profissional será responsável por fazer a transição entre a fisioterapia e preparação física, visando auxiliar nos trabalhos preventivos.

DCSP passará por novas mudanças em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
DCSP passará por novas mudanças em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

As mudanças ainda não são confirmadas oficialmente, mas internamente dirigentes admitem que o DCSP passará por mudanças. Recentemente, o clube já assinou um acordo de parceria com o Hospital Moinho de Ventos, para auxiliar na realização de exames médicos em um primeiro momento.

A instituição será patrocinadora oficial do Departamento de Ciência, Saúde e Performance (DCSP) e irá trabalhar com as equipes profissionais masculina e feminina. O acordo engloba a realização de todos os exames da pré-temporada, além dos testes de meio de temporada e admissionais de novos atletas.

O board será composto por uma equipe transdisciplinar do Hospital Moinhos de Vento, que estará à disposição dos profissionais do Clube para auxiliar no encaminhamento mais adequado de atletas com lesão. A união entre Grêmio e Moinhos de Vento ainda irá permitir, junto ao Instituto de Pesquisa Moinhos, que os jogadores das equipes principais do masculino e do feminino também participem de estudos de ponta pertinentes às áreas relacionadas ao esporte, por meio do fornecimento de dados.