Praticamente garantido na próxima edição da Copa Libertadores da América, o Grêmio iniciou os trabalhos fora de campo para evoluir a montagem do elenco no ano que vem. Além de nomes para reforços e retorno de atletas emprestados, alguns jogadores estão em fim de contrato e por isso, podem não permanecer no tricolor.

Um destes casos é o de Luan. Contratado em julho para recuperar seu melhor momento pessoal e profissional, o camisa 7 recebeu poucas oportunidades até aqui e com isso, não teve tempo considerado suficiente para demonstrar seu futebol. Por isso, deve ser dada uma nova chance ao Rei da América de 2017.

Grêmio deve oferecer novo contrato para Luan em 2024

A informação, trazida primeiramente pelo jornalista Diogo Rossi, é de que o Grêmio oferecerá a Luan um novo contrato, que será válido até o fim do Campeonato Gaúcho, ou seja, até a metade de abril. A ideia é avaliar se o jogador tem condições físicas e técnicas e gerar ritmo de jogo durante partidas de menor intensidade e contra adversários mais fracos.

Se a avaliação for positiva, Luan terá um vínculo maior e será parte do elenco da próxima temporada nas fases mais decisivas de outras competições, como a Libertadores, o Brasileirão e a Copa do Brasil, por exemplo.

Luan deve permanecer no Grêmio até o fim do Gauchão de 2024.  (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Luan deve permanecer no Grêmio até o fim do Gauchão de 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Buscando também preservar o jogador, o técnico Renato Portaluppi revelou que o longo tempo em que Luan ficou fora dos gramados durante sua passagem pelo Corinthians atrapalha sua utilização neste momento:

"Colocar o Luan nessa situação, de estar totalmente sem ritmo de jogo, às vezes vou ter um a menos em campo. Se o jogo estiver decidido, é outra coisa. Num jogo pegado, fica difícil. Na hora certa vão ter as oportunidades, tem treinado bastante e não desaprendeu a jogar.

Ele vem de um ano, e não é sem jogar, em oito, nove meses sem tocar na bola. Tem que ter muito cuidado para não expor o jogador, sofrer uma lesão ou prejudicar nosso time numa situação que os jogos têm sido difíceis." comentou o técnico tricolor.