A saga do Grêmio por um centroavante para 2024 passa pelo Rio de Janeiro. A direção tricolor, representada pelo vice-presidente de futebol Antônio Brum, viajou à capital fluminense para negociar presencialmente com jogadores e empresários que são alvos nesta janela de transferências.

Um destes alvos é o centroavante Gabriel Barbosa, do Flamengo. Em fim de contrato com o rubro-negro, o camisa 10 da Gávea está no radar do tricolor, mesmo com as negativas públicas feitas por dirigentes. Buscando uma aproximação com o atleta, a cúpula tricolor se reunirá com o staff do jogador nos próximos dias para entender sua situação contratual.

Grêmio terá reunião com staff de Gabigol

A informação, divulgada pelo jornalista Matheus D´Avila, é que o Grêmio já realizou os primeiros contatos com Gabriel, que está nos Estados Unidos realizando a pré-temporada com o elenco rubro-negro. O Fla retorna ao Brasil na semana que vem para disputar a sequência do Campeonato Carioca.

Agora, com o objetivo de entender a pedida do jogador e do Flamengo para viabilizar uma liberação, o Grêmio terá um encontro com os representantes. Mesmo assim, é público que a direção flamenguista não facilitará em caso de negociação oficial.

Internamente, o Grêmio considera a chegada de Gabriel como "quase impossível", principalmente pela postura do Flamengo. Assim como nas negociações com o Corinthians, a ideia é de liberação somente o pagamento de valores elevados.

Aliado a isso, Flamengo e Gabriel conversam, mesmo que lentamente, sobre uma possível renovação de contrato. Entretanto, a diferença entre os valores oferecidos e os desejados pelo jogador é grande e neste momento, um acerto é improvável. Seu vínculo com o Fla vai apenas até dezembro deste ano, podendo acertar um pré-contrato a partir de julho.

Seu atual salário é de aproximadamente R$1,8 milhão mensais. Para renovar com o Flamengo, foi solicitado aumento considerável. Caso acerte com outro clube, a pedida inicial é menor.

(Foto: Flamengo / Divulgação)
(Foto: Flamengo / Divulgação)

Todos estes fatores são somados ao fato de Gabriel perder espaço com a chegada do técnico Tite. O comandante rubro-negro estabeleceu Pedro como titular, diminuindo a minutagem do camisa 10, que iniciou todas as partidas deste ano no banco de reservas.

Existe entendimento por parte de seu staff que uma mudança de ares pode ser benéfica. Também por isso, o jogador não recusa as sondagens e ofertas, desde que haja acerto com o Flamengo.

Gabriel está desde o início de 2019 no clube. Desde então, são 269 jogos, com 153 gols marcados e 11 títulos conquistados.