Em ano de pouco dinheiro para realizar investimentos no elenco, o Grêmio teve que testar sua criatividade para ir ao mercado e reunir um grupo capaz de alcançar o principal objetivo do ano: A volta à 1ª divisão do Campeonato Brasileiro.

Com isso, uma das alternativas encontradas pelo departamento de futebol do clube foi a viabilização de contratações por empréstimo de jogadores com pouco espaço nos grandes clubes do futebol brasileiro. 4 destes são peças importantes no elenco do técnico Roger Machado: Nicolas, Bruno Alves, Rodrigo Ferreira e Gabriel Teixeira.

Entretanto, as situações contratuais são diferentes. O tricolor pode até mesmo ser obrigado a efetuar a compra, desde que algumas metas sejam atingidas. Veja abaixo os contratos dos jogadores emprestados e a avaliação interna e externa para o futuro.

Nicolas, Bruno Alves, Rodrigo Ferreira e Biel; Veja os contratos dos jogadores emprestados ao Grêmio

Nicolas

Líder de assistências do Grêmio no ano, o lateral-esquerdo Nicolas é titular absoluto de sua posição no momento. Disputou 19 dos 23 jogos do time na série B, e tem 4 assistências computadas na competição.

Nicolas está emprestado pelo Athletico até o fim desta temporada. Em seu acordo com o Grêmio, há prevista opção de compra caso o Grêmio entenda que seu rendimento seja interessante.

Recentemente, foi alvo de interesse de clubes da Holanda, da Espanha, de Portugal, da Sérvia e da Rússia. Entretanto, nenhuma proposta oficial foi feita ao Athletico.

(Foto: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio FBPA)

Bruno Alves

Contratado para ser uma importante peça de substituição para Kannemann e Geromel, o zagueiro Bruno Alves é considerado um dos maiores acertos do clube neste ano. Desde janeiro no tricolor, o atleta de 31 anos jogou 21 dos 23 jogos do time na série B e tem sua permanência garantida até a metade de 2023.

Bruno está emprestado pelo São Paulo até junho do próximo ano, quando também se encerra seu contrato com o time do Morumbi. Pelo longo período restante de vínculo e não ser necessário o pagamento para compra, sua situação é a mais tranquila.

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Rodrigo Ferreira

Mesmo contestado pela torcida, o lateral-direito Rodrigo Ferreira é atualmente o titular da posição, superando a concorrência de Edilson. O jogador de 27 anos chegou ao tricolor emprestado pelo Mirassol até o fim desta temporada e para permanecer em Porto Alegre, o Grêmio tem duas possibilidades:

*Opção de compra ao fim do período de empréstimo;
*Obrigação de compra desde que atue em 25 jogos da série B por pelo menos 45 minutos.

Até o momento, Rodrigo disputou 14 jogos que são válidos para esta cláusula, ou seja, precisa de mais 11 partidas com pelo menos 45 minutos para que o Grêmio tenha que efetuar a compra de seus direitos econômicos.

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Biel

Jogador com mais assistências no elenco gremista dentro da série B, Gabriel Teixeira está emprestado pelo Fluminense também até o fim deste ano. Homem de confiança do técnico Roger Machado no setor de ataque, o meia-atacante é muito bem avaliado pela direção e pode permanecer para 2023.

Em seu contrato não há cláusula para obrigação de compra, mas existe um preço definido para o tricolor gaúcho ter o jogador em definitivo: 2 milhões de dólares (R$10,3 milhões na cotação atual).

Na temporada, Biel atuou em 22 jogos pelo Grêmio, com 3 gols marcados e 4 assistências computadas.

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)