Na manhã desta quarta-feira (15), o jornalista Phillipy Costa noticiou que o Campinense recebeu sondagem e analisa vender o mando de campo da partida contra o Grêmio, que acontece no dia 1º de março, pela 1ª fase da Copa do Brasil.

O jornalista ainda cita a proposta como "tentadora" e que seria uma maneira de aliviar os prejuízos que o clube terá nesse início de ano após um planejamento errado.

A sondagem foi feita por uma empresa que não foi divulgada e que propôs que o jogo fosse no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A tendência é que o Campinese responda sobre a sondagem nos próximos dias, já que o jogo acontecerá em cerca de duas semanas.

Estádio Mané Garrincha pode receber estreia do Grêmio na Copa do Brasil. (Foto: BSB / Divulgação)
Estádio Mané Garrincha pode receber estreia do Grêmio na Copa do Brasil. (Foto: BSB / Divulgação)

Desempenho do Campinense nas últimas partidas

Em suas últimas 5 partidas disputadas, o Campinense não venceu nenhuma, são 4 empates e 1 derrota. A última partida ocorreu na noite de ontem pela copa do Nordeste e a equipe não saiu do 0x0 contra o CRB. A equipe ocupa a última posição do grupo B com apenas 1 ponto somado em 3 partidas realizadas.

Já no campeonato Paraibano, a equipe está na quinta colocação, com 10 pontos somados e a 4 pontos do atual líder Souza. O Campinense ainda terá 3 partidas antes do confronto contra o Grêmio, que é de extremo valor para a equipe, uma classificação por exemplo, minimizaria ainda mais as questões financeiras do clube.

Em caso de classificação contra o Grêmio, o Campinense receberia cerca de R$1 milhão. O Grêmio aguarda a definição do local do jogo para definir a logística e viagem para o confronto.