2023 está sendo um ano de descobertas para o Grêmio. Com a dificuldade financeira para efetuar contratações de maior, foi nas categorias de base que o técnico Renato Portaluppi achou algumas peças importantes para a composição do grupo e até mesmo para garantir resultados importantes.

Na vitória de 3x2 sobre o Flamengo na última quarta-feira (25), foi o garoto Nathan Fernandes que roubou a cena. O atacante de apenas 18 anos de idade marcou o 2º gol tricolor e foi essencial para a vitória na Arena, assim como Ferreira, também oriundo da base do clube.

Nathan Fernandes carrega a expectativa de ser a nova geração da linha sucessória de jogadores da mesma posição, que já teve como protagonistas Pedro Rocha, Éverton "Cebolinha" e Pepê. Sabendo disso, o Grêmio está protegido por um contrato de alto patamar.

Nathan Fernandes saiu do banco para ajudar o Grêmio a vencer o Flamengo. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Nathan Fernandes saiu do banco para ajudar o Grêmio a vencer o Flamengo. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Os detalhes do contrato de Nathan Fernandes com o Grêmio

Além do excelente desempenho nas categorias inferiores, Nathan Fernandes apresentou boas ferramentas nas poucas oportunidades que teve no time principal. Frequentemente é chamado pela comissão técnica para treinar com os profissionais e começa a se tornar uma opção interessante para 2024.

O contrato, assinado em junho deste ano, tem validade até o dia 31 de maio de 2028. Além disso, o Grêmio está protegido por uma alta multa rescisória para o futebol do exterior: 60 milhões de euros (R$ 316,4 milhões na cotação atual). O tricolor possui 85% dos seus direitos econômicos.

Desde que está no Grêmio, Nathan já recebeu sondagens de diversos clubes do futebol europeu, como Ajax, Roma, Bayer Leverkusen e Barcelona. O objetivo destas equipes foi de incluir o atacante em listas de observação visando um investimento futuro de acordo com seu desenvolvimento no time principal gremista.