A janela de transferências ainda não abriu oficialmente, mas os clubes já se movimentam por chegadas ou saídas para o 2º semestre deste ano. No caso do Grêmio, a primeira operação envolve o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que está de malas prontas para o Rio de Janeiro, já que será o novo reforço do Fluminense.

O jogador se despediu na manhã desta sexta-feira (9) dos companheiros no CT Luiz Carvalho e foi liberado pela direção gremista para acertar os detalhes restantes de sua contratação por parte do tricolor carioca. Com isso, já não estará entre os relacionados para o jogo contra o Flamengo neste domingo (11), às 18h30, no Maracanã.

Diogo Barbosa será o novo reforço do Fluminense. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Diogo Barbosa será o novo reforço do Fluminense. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Saída de Diogo Barbosa gera alívio na folha salarial do Grêmio

Contratado em setembro de 2020 pelo Grêmio, Diogo Barbosa tem vencimentos de R$450 mil mensais e seu contrato atual iria até dezembro deste ano. A tendência é de que seja emprestado ao Flu até o fim da temporada com cada clube arcando com metade dos salários.

Com isso, o Grêmio consegue reduzir sua folha salarial, que hoje tem custo de aproximadamente R$15,5 milhões. A meta da cúpula tricolor no início deste ano era de diminuir para R$10 milhões, tendo em vista o cenário atual do clube.

Diogo Barbosa é o 2º jogador que deixa o Grêmio para acertar com o Fluminense nesta temporada. O primeiro foi Thiago Santos, que deixou o clube ao fim do Campeonato Gaúcho após ser muito questionado pela torcida.