O Grêmio já fez seu diagnóstico para a próxima janela de transferências: Precisa de um número considerável de reforços. Com o objetivo de garantir uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América e brigar pelo título da Copa do Brasil, o elenco comandado pelo técnico Renato Portaluppi necessita de até 4 reforços para a complementação do grupo.

Com Michael e Iturbe já em negociação efetiva, outras posições são observadas e nomes especulados nos bastidores. O mais recente deles envolve o goleiro Santos, atualmente no Flamengo. Contratado em abril de 2022 e sem espaço com o técnico Jorge Sampaoli, o jogador de 33 anos teve seu nome ventilado para uma possível contratação.

Santos foi um goleiro especulado no Grêmio recentemente. (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
Santos foi um goleiro especulado no Grêmio recentemente. (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

A posição do Grêmio sobre a especulação envolvendo o goleiro Santos, do Flamengo

Embora o clube entenda que exista uma possibilidade considerável de negociar pelo menos um dos goleiros do elenco, o nome de Santos ainda não foi debatido internamente. Um possível reforço para a posição que é observado desde o início deste ano é Sergio Rochet, em fim de contrato com o Nacional-URU.

Internamente, o clube espera que Adriel, Brenno e Gabriel Grando sejam assediados na janela. Com isso, cresce a possibilidade de saída, abrindo espaço para a chegada de mais um goleiro.

Santos foi contratado por 3 milhões de euros (R$15,7 milhões na cotação atual), mas não está sendo utilizado por Sampaoli no Flamengo. O titular da posição neste momento é o jovem Matheus Cunha e a partir do dia 1º de julho, o argentino Rossi integra o elenco rubro-negro.