2023 ainda não terminou, mas o Grêmio já iniciou trabalhos visando a temporada de 2024. Em reunião do Conselho Deliberativo na noite da última segunda-feira (28), na Arena do Grêmio, foi aprovado o exercício para o próximo ano, que basicamente prevê receitas, despesas e demais situações.

Vale lembrar que, todos os números apresentados abaixo são previsões feitas pela direção, e que não devem se confirmar em muitos tópicos pelas necessidades do clube durante o próximo ano.

Os detalhes do orçamento do Grêmio para 2024

Projeção de novo déficit

Assim como em 2023, a direção do Grêmio prevê um déficit no orçamento de 2024. Entretanto, o resultado deve ser menos negativo do que neste ano, quando o clube teve um prejuízo de aproximadamente R$ 60 milhões.

Desta vez, o clube trabalha com uma insuficiência de R$ 20 milhões nas contas. A situação deve mudar com as premiações de competições e outras receitas, por exemplo.

Se levarmos em consideração apenas as despesas de 2024, a projeção é de apenas R$345 milhões. Entretanto, o clube ainda precisa administrar R$ 65 milhões de despesa financeira.

Projeções de desempenho esportivo

Libertadores da América

Para 2024, o Grêmio terá a disputa da Copa Libertadores da América como grande novidade em seu calendário e além do ganho esportivo, a competição continental também é uma grande oportunidade de aumentar a injeção de dinheiro nos cofres.

Se garantir a vaga direta na fase de grupos via Brasileirão, 3 milhões de dólares (R$ 14,9 milhões) estão assegurados, além de 300 mil dólares (R$1,5 milhão) por cada vitória.

Neste torneio, o clube espera chegar até as oitavas de final, o que daria um ganho total de cerca de R$23 milhões.

Grêmio voltará a disputar a Libertadores em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Grêmio voltará a disputar a Libertadores em 2024. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Copa do Brasil

Atual semifinalista da competição mais rentável do país, o Grêmio trabalha em seu orçamento de maneira conservadora. Assim como neste ano, a previsão é de chegar, ao menos, nas oitavas de final. Como entrará na 3ª fase devido a sua participação na Libertadores, são esperados cerca de R$3 milhões, tendo em vista que o tricolor precisará disputar apenas 1 fase do campeonato até cumprir sua meta.

Em 2023, Grêmio chegou na semifinal da Copa do Brasil. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Em 2023, Grêmio chegou na semifinal da Copa do Brasil. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Campeonato Brasileiro

Mesmo não sendo campeão brasileiro desde 1996, o Grêmio é presença constante nas primeiras posições, o que também traz bom valor de receita. Diferente de 2023, onde a expectativa orçamentária era de chegar pelo menos na 8ª posição, agora a projeção é de 6º lugar, garantido assim uma vaga na Libertadores de 2025 também.

O 6º lugar garante uma premiação de aproximadamente R$ 35 milhões.

Em 2024, expectativa é do Grêmio estar entre, pelo menos, os 6 primeiros. (Foto: CBF / Divulgação)
Em 2024, expectativa é do Grêmio estar entre, pelo menos, os 6 primeiros. (Foto: CBF / Divulgação)

Necessidade maior de venda de jogadores

Para terminar 2024 com resultado positivo no seu orçamento, o Grêmio terá de vender muito. Se neste ano a expectativa (ainda não cumprida) era de arrecadar R$73 milhões com negociações de atletas, para o próximo ano a projeção é ainda maior: R$ 90 milhões.

Alguns atletas devem despertar interesse de clubes do exterior já nos primeiros meses do ano que vem, como os volantes Villasanti e Felipe Carballo. Jovens oriundos das categorias de base também serão cobiçados, como o atacante Nathan Fernandes e o lateral-esquerdo Cuiabano.