O Grêmio segue trabalhando de forma intensa nos bastidores para realizar suas últimas movimentações nesta janela de transferências. Além das contratações, a direção tricolor tenta resolver questões de saídas e um nome em especial está entre os mais prováveis para deixar o clube: Trata-se do goleiro Brenno.

O jogador, que estava em negociação avançada com o Bari, da 2ª divisão italiana, ganhou um novo interessado: O Valencia, da Espanha. Os primeiros contatos foram feitos com o empresário do jogador, que viajou para a Europa em busca de ofertas dentro do que o tricolor considera satisfatório.

Valencia entra na disputa pela contratação de Brenno

O negócio com os italianos travou neste momento, já que o Valencia possui maior poder financeiro e melhor projeto esportivo ao jogador. O fato de disputar uma das principais ligas da Europa é um diferencial e pesa a favor dos espanhóis. A tendência é que o negócio caminhe por um empréstimo de um ano, com opção de compra.

É importante dizer que, mesmo com o interesse do Valencia, uma negociação com o futebol italiano não está descartada. A partir de agora, Grêmio e staff do atleta buscam o melhor acordo, mas a solução definitiva ainda não foi encontrada.

Neste caso, o fisco espanhol não é problema. O Grêmio luta na justiça para não pagar multas e impostos referentes a venda de Arthur ao Barcelona, em 2018, mas valores só ficam retidos apenas em casos de venda. Para empréstimos, não há obstáculos em uma eventual negociação. Ainda nesta semana, deve haver avanço significativo em relação a saída de Brenno.

Uma das principais exigências da direção gremista é de receber uma taxa de empréstimo imediatamente. O tricolor exigiu 700 mil euros (R$ 3,6 milhões) ao Bari, mas aceita reduzir um pouco a quantia. As partes ainda negociarão maiores detalhes desta negociação.

Brenno desperta o interesse do Valencia, da Espanha. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Brenno desperta o interesse do Valencia, da Espanha. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

No negócio com os italianos, as partes concordaram por uma opção de compra em 2 milhões de euros (R$ 10,4 milhões). O cenário mais provável é que as conversas com o Valencia sigam na mesma direção.

Brenno tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2024, ou seja, antes de ser negociado por empréstimo, renovará seu contrato para não deixar o clube de forma gratuita no próximo ano. Seu salário é de aproximadamente R$ 130 mil mensais.