Uma das novidades do técnico Roger Machado para a partida diante do Cruzeiro, o atacante Ferreira foi um dos destaques do time, participando das principais jogadas de ataque e do 2º gol do time, marcado por Bitello aos 45 segundos da etapa final do jogo.

Ferreira foi substituído aos 18 minutos do segundo tempo e saiu de campo reclamando de novas dores no músculo posterior da coxa. Em entrevista após a partida, o jogador declarou que não considerava algo grave:

"Senti a posterior, mas acho que não é nada grave. Amanhã faço exames para saber". explicou o atacante.

Ferreira voltou ao time do Grêmio diante do Cruzeiro, mas foi substituído no 2º tempo. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Ferreira voltou ao time do Grêmio diante do Cruzeiro, mas foi substituído no 2º tempo. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Grêmio confirma lesão de Ferreira

Na tarde desta terça-feira, o Grêmio informou que o atacante teve diagnosticada uma distensão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda. O clube não informou o prazo estimado de recuperação, mas Ferreira já se encontra com a fisioterapia e será avaliado semanalmente.

A preocupação do Grêmio em relação ao estado físico de Ferreira tem lógica: Este foi apenas o 8º jogo do atacante entre os 25 jogos do tricolor na série B do Campeonato Brasileiro. Com o status de grande nome do time para a temporada, os problemas físicos o atrapalharam até aqui, impossibilitando uma maior sequência.

Sem Ferreira, o Grêmio deve ter Guilherme como titular diante do Ituano nesta sexta-feira (26), às 19h, na Arena. Campaz é outra possibilidade, mesmo que não seja originalmente do setor.