No último domingo (24), o São Paulo conquistou o inédito título da Copa do Brasil. A edição de 2023 consagrou a equipe do Morumbi, que venceu o Flamengo na final. Pelo lado do Grêmio, o craque Luis Suárez foi um dos destaques da competição, sendo o principal garçom, com três passes para gols.

Ao lado do uruguaio, Jhon Arias (Fluminense), Lucas Lima (Santos), Carlos de Pena (Internacional) e Luciano Juba (Sport) também tiveram três assistências. O camisa 9 gremista somou cinco participações em gols na Copa do Brasil, sendo duas bolas nas redes e três passes.

Gabriel Grando com mais defesas

Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Principal personagem da classificação nas penalidades contra o Bahia, nas quartas de final, Gabriel Grando foi o goleiro com mais defesas na competição. Em sete partidas, o gremista fez 27, média de 3,86 por jogo.

Ferreira com mais dribles

Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Conhecido por ser um dos principais dribladores do Grêmio e do futebol brasileiro, Ferreirinha foi o atleta com mais dribles certos na Copa do Brasil de 2023. Em seis partidas disputadas com a camisa do Tricolor, o atacante driblou 16 adversários, seis a mais que o campeão são-paulino Caio Paulista, com 10.

Bitello com mais faltas sofridas

Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Vendido ao FK Dinamo de Moscou, da Rússia, por 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 53 milhões), o volante Bitello atuou nas 10 partidas do Grêmio na edição 2023 da Copa do Brasil. Ao lado do flamenguista Gerson, o jogador foi quem mais sofreu faltas, total de 23 e média de 2,3 por jogos.

Villasanti e desarmes

Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Um dos grandes destaques do Grêmio na atual temporada, o volante paraguaio Villasanti, que entrou em campo em nove partidas da competição, foi o segundo em desarmes certos. Atrás de Thiago Maia, Fagner e Rezende, com 20, o jogador gremista teve 16, média de 1,78 por partida.