O ex-lateral Filipe Luís, que anunciou aposentadoria na reta final do Campeonato Brasileiro, revelou em entrevista ao Charla Podcast que Renato Portaluppi, atual técnico e ídolo do Grêmio, é o treinador com a melhor gestão de elenco que ele trabalhou.

Com a participação na Copa do Mundo de 2018 na bagagem e destaque no futebol europeu, o ex-jogador foi treinado por nomes como Luiz Felipe Scolari, José Mourinho, Diego Simeone, Tite, Dorival e Jorge Jesus. Dentre todos, Filipe Luís elegeu Renato o melhor gestor.

"A gestão de grupo dele é aqui em cima, é a melhor de todas que eu vi até hoje. É melhor, posso te comparar com a do Dorival e Tite que também são das melhores gestões. A do Renato é assim, o ambiente é o mais leve possível do mundo. Não tem como ficar bravo com ele, é um cara extraordinário. É difícil porque é um cara taxado como boleirão, mas o tempo dirá realmente o treinador que ele é, com certeza ele vai entre os melhores", disse Filipe.
Reprodução / Internet
Reprodução / Internet

Além de ser bom gestor de elenco, o ex-lateral com passagens por Atlético de Madrid e Chelsea contou no podcast qual é a maior virtude de Renato como treinador de futebol na sua visão.

"O Renato para mim, a maior virtude dele é escalar o time perfeito para o jogo. Ele consegue entender os melhores jogadores, quem mais se entende com o outro, as conexões, e ele consegue juntar eles dentro do campo e criar química. Isso é para mim a maior virtude que ele tem".

Uma das polêmicas que o treinador gremista acumulou nesta temporada foi a quantidade de folgas para o elenco do Grêmio. No entanto, Filipe Luís enfatizou a necessidade das pausas para os jogadores de futebol.

"Eu adoro tanto esse cara. Ele estuda, ele trabalha, ele vê jogo pra caramba. E ele aproveita, ele vai para a praia. Ele não tem medo de se mostrar na praia. Tem treinador que vai para a praia e não se mostra, se esconde. Ele vive a folga e a gente tem que saber que a folga é um dia livre. O torcedor muitas vezes não entende e é muito importante. A folga chega a ser um treino, você limpa a cabeça. E tem muitos torcedores que falam 'Como é possível, perdem um jogo e ainda vão ter descanso?", finalizou o ex-flamenguista.