A janela de transferências do futebol brasileiro já fechou, mas isso não impede o tricolor de efetuar novas contratações. Isso porque, para jogadores que estão livres no mercado, os clubes podem registrar reforços de acordo com o prazo estabelecido para cada competição. No caso do Grêmio, os prazos da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

O tricolor tem até o dia 15 de setembro para inscrever novos atletas para o Brasileirão. Este prazo é importante para que o Departamento de Futebol possa analisar o mercado e opções sem o custo de uma transferência. Com isso, a tendência é de um custo mais baixo em caso de acerto.

Vale lembrar que na janela de transferências o Grêmio efetuou as contratações do goleiro Caíque, do zagueiro Rodrigo Ely, do meia Luan e dos atacantes Iturbe, Lucas Besozzi e João Pedro Galvão.

Grêmio mira contratações para 2 posições para o Brasileirão

Nesta parte final de período de contratações, o Departamento de Futebol do Grêmio ainda busca reforços para duas posições: Volante e centroavante. Existem alguns critérios que respaldam esta análise interna.

Sobre a função de volante, o entendimento é de que faltam jogadores para a posição, principalmente com características mais defensivas. A saída de Thiago Santos e Lucas Silva, que acertaram com Fluminense e Cruzeiro, respectivamente, geraram carência nesta função.

Diversos jogadores foram oferecidos recentemente ao clube, mas todos estrangeiros. Os principais foram o peruano Pedro Aquino e o argentino Nahuel Estévez.

Grêmio ainda trabalha por reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Grêmio ainda trabalha por reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Sobre a posição de centroavante, a convicção da direção gremista é de que João Pedro deve atuar ao lado de Suárez. Eventualmente, também pode jogar como armador, ou seja, a única alternativa para substituir o uruguaio segue sendo André Henrique.

Diego Costa, que foi uma opção nos últimos dias, acertou com o Botafogo, diminuindo ainda mais o leque de possibilidades.

Mesmo admitindo a necessidade, o Grêmio não fará loucuras para completar o elenco. A folha salarial está cerca de 15% acima do projetado no orçamento deste ano e com isso, nomes só serão contratados se forem dentro da realidade.

Em 2023, o Grêmio já contratou 19 jogadores: O goleiro Caíque, os laterais João Pedro, Fabio e Reinaldo, os zagueiros Bruno Uvini, Rodrigo Ely, os volantes Pepê e Felipe Carballo, os meias Cristaldo, Luan, Vina e Nathan, além dos atacantes Lucas Besozzi, Iturbe, Luis Suárez, André Henrique, João Pedro, Everton Galdino e Gustavinho.