A vitória sobre o Santos por 1x0 na estreia do Campeonato Brasileiro confirmou ao torcedor gremista o excelente início de temporada da equipe comandada pelo técnico Renato Portaluppi. Entretanto, algo vem preocupando o torcedor desde a fase final do Campeonato Gaúcho: O alto número de lesões no elenco.

Até a final do estadual, o clube já havia confirmado 13 lesões, sejam musculares ou por fraturas. O caso mais grave foi o do lateral-esquerdo Reinaldo, que teve diagnosticada ruptura parcial do ligamento colateral do joelho esquerdo. A estimativa foi de 6 semanas de recuperação.

Com isso, o tricolor hoje ocupa a 7ª posição no ranking de lesionados entre os 20 times da série A do Campeonato Brasileiro. Neste momento, quem lidera a lista é o RB Bragantino, que já teve 23 casos de lesões na temporada. Veja abaixo a tabela completa:

TIME NÚMERO DE LESÕES
1 RB Bragantino 23
2 Goiás 21
3 São Paulo 20
4 Flamengo 17
5 Santos 15
6 Fortaleza 15
7 Grêmio 14
8 Bahia 10
8 Coritiba 10
8 Vasco 10
8 Corinthians 10
8 Cruzeiro 10
13 Athletico 9
13 Botafogo 9
13 Internacional 9
16 América-MG 8
16 Palmeiras 8
18 Atlético-MG 7
18 Fluminense 7
20 Cuiabá 5

*O levantamento leva em conta jogadores com lesões confirmadas até o momento, além de atletas substituídos por lesões na 1ª rodada do Brasileirão.

Renato Portaluppi encara problemas na montagem do time após alto número de lesões. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Renato Portaluppi encara problemas na montagem do time após alto número de lesões. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Lesões no Grêmio em 2023

Atualmente, o Grêmio conta com 13 jogadores entregues ao Departamento Médico. São eles:

  • Fabio (lateral-direito): Lesão de grau lll no músculo adutor da coxa esquerda. Está em estágio avançado de recuperação. Expectativa por retorno em 15 dias.
  • Rodrigo Ferreira (lateral-direito): Em tratamento de lesão no ligamento do joelho direito em dezembro de 2022. Estimativa é de total recuperação até junho.
  • Reinaldo (lateral-esquerdo): Estiramento no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. Estimativa de 6 semanas para retorno ao time (restam 5 semanas).
  • Cuiabano (lateral-esquerdo): Diagnosticado estiramento do bíceps da coxa de grau ll, além de estiramento do ligamento colateral do joelho direito. Sem prazo para retorno.
  • Pedro Geromel (zagueiro): Submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo em janeiro. Estimativa de cerca de um mês para retorno aos trabalhos com bola.
  • Gustavo Martins (zagueiro): Lesão no joelho. Quadro e tempo estimado de recuperação não divulgados.
  • Felipe Carballo (volante): Afastado do time por dores no púbis. Realizou exames, com resultados ainda não divulgados.
  • Lucas Silva (volante): Sem lesão confirmada, mas se recupea de desconforto no joelho esquerdo. Ainda sente dores no local e sem treinar com o restante do elenco.
  • Pepê (volante): Em estágio avançado de recuperação de lesão muscular no músculo posterior da coxa direita. Quadro não foi divulgado, mas estimativa inicial era de 1 mês de parada (restam entre 1 e 2 semanas).
  • Villasanti (volante): Será submetido a procedimento cirúrgico após múltiplas fraturas na face. Estimativa extra-oficial é de cerca de 2 meses de recuperação.
  • Jonatha Robert (Meia-atacante): Afastado desde setembro de 2022 após cirurgia no ligamento do joelho, está em estágio intermediário de recuperação. Ainda não faz trabalhos com o restante do elenco.
  • Ferreira (atacante): Distensão grau lll no músculo adutor da coxa esquerda. Estimativa de 6 a 8 semanas para retorno (restam de 3 a 5 semanas).
  • Diego Souza (atacante): Ruptura do menisco medial do joelho esquerdo. Necessitou de artroscopia. Prazo de recuperação não estimado.