Restando cerca de duas semanas para o encerramento da janela de transferências, a direção do Grêmio intensifica trabalhos por saídas e novas contratações. Com a chegada do atacante Iturbe já concretizada, o clube agora volta as suas atenções para outras possibilidades de mercado.

Diante deste cenário, nos últimos dias, foi feita uma reunião entre alguns dos principais membros do Departamento de Futebol. O objetivo: Definir os alvos e a partir disso, resolver as situações escolhidas o mais rápido possível. A grande prioridade é aumentar o número de opções no setor ofensivo.

Grêmio alinha alvos na reta final da janela de transferências

É admitido internamente que o ataque gremista possui poucas opções. Faltam, por exemplo, uma opção a Luis Suárez e além disso, jogadores para o lado de campo. Mesmo com a dificuldade financeira e as limitações orçamentárias, a cúpula gremista trabalha pela chegada de, pelo menos, mais 3 reforços.

Grêmio anunciou apenas a chegada de Iturbe até o momento. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Grêmio anunciou apenas a chegada de Iturbe até o momento. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Além disso, no caso de negócios de ocasião, também são buscados jogadores para a posição de volante e lateral-esquerdo. Entretanto, são situações que ficam em segundo plano, como dito acima, pelos limites apresentados pelo orçamento.

Sobre nomes, o principal alvo é Michael. O clube iniciou conversas com outros jogadores, mas ainda não desistiu do atacante ex-Flamengo e que é o desejo do técnico Renato Portaluppi. Existe, internamente, a esperança que de o Al-Hilal, seu clube, concorde com uma saída por empréstimo e com o Grêmio bancando a totalidade dos salários.

Vale lembrar que, desde que o presidente Alberto Guerra assumiu o clube, foram 14 contratações: Pepê, Reinaldo, Everton Galdino, Bruno Uvini, Gustavinho, Felipe Carballo, Franco Cristaldo, Luis Suárez, Fabio, João Pedro, Vina, André Henrique, Nathan e Iturbe.