O ótimo primeiro semestre de temporada feito pelo Grêmio pode gerar consequências na janela de transferências, que abre oficialmente no dia 3 de julho. Além da busca por reforços para o setor de ataque, uma eventual saída de Bitello também é alvo de debates internos.

Aos 23 anos de idade, Bitello é hoje, o grande ativo do Grêmio no mercado, levando em consideração principalmente seu potencial. Com isso, seu staff e o clube recebem constantes sondagens sobre a possibilidade de negociação e a principal informação: O valor pedido para uma transferência.

Desde o fim do Campeonato Gaúcho, o Grêmio avalia que 13 milhões de euros (R$68 milhões na cotação atual), é o valor mínimo considerado para avançar em tratativas por saída de Bitello. Aliado a isso, está a recusa da proposta oficial apresentada pelo Mônaco, da França, de 8 milhões de euros.

Bitello é o jogador mais valorizado do Grêmio no mercado. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Bitello é o jogador mais valorizado do Grêmio no mercado. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Os 6 clubes europeus interessados em Bitello

Ao todo, são 6 clubes que já realizaram contatos para buscar informações sobre Bitello. Abaixo, o status das conversas com cada um dos interessados:

Mônaco (França) - Proposta apresentada e recusada

Até o momento, o Mônaco é o único clube que apresentou uma proposta oficial por Bitello. A oferta foi de 8 milhões de euros (R$41 milhões) pelos 100% dos direitos econômicos do jogador. Como o Grêmio possui apenas 70% do passe do atleta, sequer considerou a situação e prontamente recusou.

A oferta inclusive foi rechaçada pelo staff do atleta, nem sendo repassada ao clube diante da sinalização sobre o valor mínimo aceitável. Os franceses podem retomar as conversas nas próximas semanas.

CSKA e Spartak Moscou (Rússia) - Olheiro enviado ao Brasil e promessa de proposta

Primeiros dos interessados divulgados, o CSKA e o Spartak Moscou, ambos da Rússia, enviaram um representante para acompanhar o desempenho de Bitello no clássico Gre-Nal vencido por 3x1, pelo Brasileirão.

Existe a grande possibilidade de pelo menos uma oferta do futebol russo, principalmente por ser um jogador de grande potencial, mas que ainda não atingiu um valor de mercado fora da realidade do país.

Em 2017, por exemplo, o Spartak Moscou comprou o atacante Pedro Rocha por 10 milhões de euros.

Benfica e Sporting (Portugal) - Sondagens e contatos

A grande novidade está na presença de mais 3 clubes interessados em Bitello, sendo 2 de Portugal: Benfica e Sporting. O mercado português foi o primeiro que observou o jogador, ainda no fim de 2022, quando o Grêmio conseguiu o acesso na série B. Entretanto, não consideraram o meia uma aposta interessante naquele momento.

Agora, peça fundamental do time que ocupa a 2ª posição no Campeonato Brasileiro e nas quartas de final da Copa do Brasil, Bitello entrou no radar destes clubes. Vale lembrar que, assim como a maior parte dos interessados, ainda não foi enviada uma proposta oficial.

Union Berlin (Alemanha) - Sondagens e contatos

Uma das 5 grandes ligas da Europa, a Alemanha também pode ser uma possibilidade real para Bitello entrar no futebol do Velho Continente. Um clube do país já realizou contato com o staff do jogador e que chegou ao conhecimento da direção gremista: o Union Berlin.

O time está classificado para a próxima edição da UEFA Champions League após ser a grande surpresa da última Bundesliga. Mesmo assim, não deve ter capacidade financeira de bancar uma operação do nível pedido pelo Grêmio. Para efeito de comparação, a maior contratação da história do Union Berlin foi o lateral-direito Juranovic em 2022, pelo custo de 8,5 milhões de euros.

Nesta temporada, Bitello tem 31 jogos, com 8 gols marcados e 5 assistências. Seu contrato vai até dezembro de 2025 e sua multa rescisória é de aproximadamente 60 milhões de euros (R$312 milhões na cotação atual). Mesmo com o grande desempenho, recebe um dos salários mais baixos do elenco: R$130 mil mensais.