Após longas semanas de negociações, o atacante Ferreira é oficialmente o mais novo reforço do São Paulo. O tricolor paulista anunciou oficialmente a contratação do jogador de 26 anos pelos seus canais oficiais de comunicação na tarde desta terça-feira (9) e superou a concorrência do Bahia para efetuar sua chegada.

Os valores são mantidos em sigilo, mas a última rodada de conversas entre as partes fez com que os valores fossem de aproximadamente 2 milhão de euros (R$ 10,5 milhões), pelos 35% que possui do passe do atleta. O jogador e seu empresário detém 55%, além de 10% que pertencem a escolinha de futebol que o revelou.

O São Paulo ainda efetuou a compra de parte dos direitos que o jogador era dono, fazendo com que o custo total da operação supere os R$22 milhões.

Já no acordo com o atacante, o São Paulo chegou a um acordo para a permanência de Ferreira por 4 anos, ou seja, até dezembro de 2027. Além disso, seus vencimentos serão muito próximos ao valor que teria a receber em seu último ano de contrato com o Grêmio (cerca de R$700 mil).

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Seu contrato com o Grêmio tinha duração até dezembro deste ano, ou seja, a partir de julho já poderia assinar um pré-contrato com qualquer outro time e sair de graça no início de 2025. A partir de janeiro deste ano, seus vencimentos subiriam automaticamente para R$ 700 mil.

Ferreira se tornou profissional no Grêmio, e começou a receber oportunidades no fim de 2019, com o técnico Renato Portaluppi. Em 2020, se tornou peça importante do elenco e desde 2021, foi presença constante na equipe titular. Pelo tricolor gaúcho, foram 152 jogos, com 27 gols marcados.

Como títulos, Ferreira conquistou o Campeonato Gaúcho nos anos de 2020, 2021, 2022 e 2023.