Yeferson Soteldo foi oficialmente apresentado como reforço do Grêmio nesta sexta-feira (19), no Centro de Treinamento Luiz Carvalho. O meia-atacante recebeu a histórica camisa 7 e destacou a importância do técnico Renato Portaluppi para escolher atuar em Porto Alegre.

O jogador venezuelano de 26 anos revelou a procura do Tricolor durante a última temporada e disse ter sido uma decisão muito tranquila de escolher atuar pelo clube: "não pensei muito para decidir".

"Foram várias tentativas de eu vir para cá. Só que naquele momento eu estava focando no meu antigo clube, mas sempre fiquei de olho. É um clube muito grande e tem jogadores muito bons, podemos ver no último Brasileiro. Foi uma decisão muito tranquila. Nas férias pedi para o meu representante dar prioridade ao Grêmio. É um clube muito grande e que tem um treinador muito bom, eu queria ser treinado por ele. Eu queria disputar a Libertadores, assim como todos os torneios, Brasileiro, Copa do Brasil e Gauchão. Foi uma decisão muito fácil, na hora não pensei muito para decidir", disse Soteldo.

Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Questionado sobre a relação com Renato Portaluppi, o novo camisa 7 gremista, que assinou contrato de empréstimo de um ano, fez elogios ao treinador e admitiu que está acostumado a jogar nas três posições de ataque e pode atuar onde for solicitado.

"O Renato é como me falaram. É um cara muito bom, sabe manejar bem o grupo de jogadores. Ele me falou da camisa sete, brincou que vou entrar nos jogos com o peso de uma cadeira nas costas. Estou me dando muito bem com ele. Sei jogar pelas três posições do ataque, no primeiro momento começo por fora, mas quando ele precisar eu vou para o meio e não vou ter problemas com isso. Onde ele (Renato) precisar, estarei pronto".

Em outro trecho da entrevista coletiva, Soteldo reconheceu que gosta mais de jogar com a 10, mas que aceitou o desafio da direção do Grêmio de vestir a histórica camisa 7.

"Sobre a camisa 7, foi uma decisão difícil, eu gosto da 10. Mas me falaram que seria bom eu usar a 7. Aí eu fui falar com o Renato e ele me disse as coisas que ele sempre fala (risos). ‘Vai entrar com uma cadeira pesada nas costas’. Mas eu gosto de desafios e vim para cá para isso. Quero aprender muito com o Renato. E vai ser lindo, vou tratar de representar da melhor forma", comentou.

Hepta do Campeonato Gaúcho

A estreia pelo Tricolor deve acontecer neste sábado, na primeira rodada do campeonato estadual, contra o Caxias, no estádio Centenário, em Caxias do Sul. Soteldo destacou a importância de buscar o heptacampeonato do Gauchão.

"Vai ser uma coisa muito boa ficar na história. Temos que começar amanhã vencendo o jogo e acredito que seria legal ganhar meu primeiro título assim e ficar na história do Grêmio. "Bem (fisicamente) ninguém está, a perna ainda está um pouco pesada. Mas estamos aqui para isso, vamos até o final".

Contrato com o Grêmio

Contratado junto ao Santos por empréstimo até dezembro desta temporada, o meia-atacante venezuelano Yeferson Soteldo chegou ao clube sem custos. E ao final deste período, o Grêmio poderá garantir a permanência do jogador se depositar o valor acordado no contrato de 5 milhões de dólares (R$ 24,5 mihões), que é por 50% do passe do atleta.

Além disso, o salário está entre os maiores do atual elenco, tendo vencimentos de aproximadamente R$ 650 mil mensais. Uma das condições do Santos na negociação foi para o tricolor arcar com a totalidade do valor.