A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) divulgou o ranking dos times que mais faturaram premiações em dinheiro na disputa dos torneios sul-americanos entre 2016 a 2022. O Grêmio é o sétimo que mais arrecadou no continente.

Campeão da Copa Libertadores em 2017 e da Recopa Sul-Americana em 2018, o Tricolor faturou US$ 30.850.000,00 (R$ 147,9 milhões). No período destacado pela Conmebol, o Grêmio não disputou uma competição da confederação sul-americana apenas na temporada de 2022.

A distribuição de receitas também reconhece o mérito de quem avança nas competições. O Imortal esteve entre as melhores equipes da Libertadores entre 2017 e 2020.

Confira o valor que o Grêmio recebeu em cada ano:

  • 2016: US$ 2.550.000 (R$ 12,2 milhões)
  • 2017: US$ 7.750.000 (R$ 37,2 milhões)
  • 2018: US$ 5.550.000 (R$ 26,6 milhões)
  • 2019: US$ 7.000.000 (R$ 33,6 milhões)
  • 2020: US$ 5.550.000 (R$ 26,6 milhões)
  • 2021: US$ 2.450.000 (R$ 11,7 milhões)
Reprodução / Conmebol
Reprodução / Conmebol

Onde o Grêmio chegou?

Libertadores:

  • 2021: Terceira fase preliminar
  • 2020: Quartas de Final
  • 2019: Semi-final
  • 2018: Semi-final
  • 2017: Campeão
  • 2016: Oitavas de final

Recopa Sul-Americana:

  • 2018: Campeão

Copa Sul-Americana:

  • 2021: Oitavas de final

Confira o top-10

  1. Flamengo - 69.726.793 dólares (R$ 334 milhões)
  2. Palmeiras - 69.450.000 dólares (R$ 333 milhões)
  3. River Plate (ARG) - 49.550.000 dólares (R$ 237 milhões)
  4. Athletico - 37.854.596 dólares (R$ 181 milhões)
  5. Boca Juniors (ARG) - 35.850.000 dólares (R$ 172 milhões)
  6. Independiente del Valle (EQU) - 33.740.504 dólares (R$ 162 milhões)
  7. Grêmio - 30.850.000 dólares (R4 148 milhões)
  8. Nacional (URU) - 26.975.000 dólares (R$ 129 milhões)
  9. Santos - 26.450.000 dólares (R$ 127 milhões)
  10. Atlético-MG - 26.025.000 dólares (R$ 125 milhões)