A goleada de 5x1 contra o Operário na última terça-feira (9) consolidou o excelente momento do Grêmio dentro da série B do Campeonato Brasileiro. O time comandado por Roger Machado chegou a 17 jogos de invencibilidade na competição, abriu 10 pontos de vantagem para o 5º colocado e pode, virtualmente, subir de divisão já no próximo mês.

Antes do início da série B, o tricolor planejou sua campanha em 6 partes de 6 jogos cada, com o objetivo de garantir matematicamente o acesso na 36ª rodada. Para isso, o objetivo primeiramente era de conseguir 11 pontos em cada um destes blocos, finalizando o campeonato com cerca de 66 pontos. Este raciocínio tem uma lógica: A maior pontuação já feita por um time que terminou a série B em 4º lugar foi em 2009 e 2015, onde o desempenho mínimo do G-4 foi de 65 pontos.

Entretanto, a edição deste ano da série B não deve exigir tanto. Com base no aproveitamento dos times até aqui, 57 pontos é a "nota de corte" para subir de divisão. Se isso se confirmar, será a menor pontuação necessária para o acesso. Este índice hoje pertence ao Vitória, que conseguiu o acesso com 59 pontos, no ano de 2007.

Com maior invencibilidade da história da série B, Grêmio caminha de forma tranquila para o acesso. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Com maior invencibilidade da história da série B, Grêmio caminha de forma tranquila para o acesso. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Grêmio pode conseguir o acesso já em setembro

Com 43 pontos conquistados, o Grêmio precisa de apenas 16 pontos para atingir a pontuação mínima que um time já obteve o acesso. Com isso, pode bater a meta na partida diante do Vasco, no dia 10 de setembro, em casa, desde que consiga pelo menos 4 vitórias e 1 empate nos próximos 5 compromissos.

A sequência do Grêmio na série B tem:

  • CRB x Grêmio (13/08 - 20h30)
  • Grêmio x Cruzeiro (21/08 - 16h)
  • Grêmio x Ituano (26/08 - 19h)
  • Criciúma x Grêmio (30/08 - 20h30)
  • Grêmio x Vila Nova (02/09 - 21h30)
  • Grêmio x Vasco (10/09 - horário ainda não definido pela CBF)