Criticado pelos torcedores pela falta de gols em 2023, João Pedro Galvão, ou apenas JP Galvão, foi bancado pelo técnico Renato Portaluppi como o atacante titular do Grêmio neste começo de temporada. Um dos artilheiros do Campeonato Gaúcho de 2024 com duas bolas nas redes, o camisa 11 saiu de campo contra o Novo Hamburgo aplaudido.

Contratado para ser uma boa alternativa para o astro Luis Suárez, o brasileiro naturalizado italiano desembarcou em Porto Alegre com a fama de ser um grande artilheiro. Pelo Cagliari, da Itália, onde se tornou ídolo da torcida, foram 269 partidas, 86 gols e 28 assistências. No entanto, pelo Fenerbahçe, clube que o contratou na metade de 2022 por indicação do então treinador Jorge Jesus, JP participou de 28 jogos e marcou apenas cinco gols.

De acordo com informações do jornalista turco Yağız Sabuncuoğlu, do Sports Digitale, o Tricolor aceitou arcar com a totalidade do salário do jogador. O atacante de 31 anos está emprestado ao Grêmio pelo Fenerbahçe até meados desta temporada. Na equipe turca, o atleta tinha vencimentos anuais que giravam em torno de 2,5 milhões de euros (R$ 13,4 milhões), ou seja, no Tricolor, JP Galvão recebe aproximadamente R$ 1,2 milhão mensais.

Em 21 partidas com a camisa do Tricolor, o atacante balançou as redes apenas duas vezes, ambas no Campeonato Gaúcho de 2024. Na pré-temporada do Imortal, o vice-presidente de futebol Antônio Brum afirmou que o clube tinha plena confiança que João Pedro performaria.