Dono da lateral-esquerda do Grêmio com a lesão de Reinaldo, Mayk, de 24 anos, causou um grande problema ao técnico Renato Portaluppi para o primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho. O jogador recebeu cartão vermelho no segundo duelo do Tricolor contra o Caxias pela semifinal.

Depois de multa revelada pelo treinador gremista, Mayk, através de sua assessoria de imprensa, pediu desculpas aos torcedores, comissão técnica, diretoria e grupo de jogadores.

Divulgação/Assessoria de Imprensa
Divulgação/Assessoria de Imprensa
Cheguei recentemente ao Grêmio com uma vontade enorme de mostrar pra todo mundo minha garra, minha dedicação e meu empenho, que são marcas registradas do time.
Infelizmente, meu excesso de vontade poderia ter comprometido o trabalho de todo o grupo. Peço minhas sinceras desculpas à comissão técnica, à diretoria, aos meus companheiros e à torcida tricolor. A lição foi aprendida e agora o mais importante é eu não abaixar a cabeça e seguir firme com a equipe em busca do título. Jogar no Grêmio é a realização de um sonho, e eu não vou deixar que nada atrapalhe.

Multa de R$ 20 mil

Apesar da classificação para final do Campeonato Gaúcho, o técnico Renato Portaluppi, em entrevista coletiva no auditório da Arena do Grêmio, revelou que multou o lateral-esquerdo Mayk, expulso nos acréscimos da primeira etapa.

De acordo com o treinador gremista, o jogador contratado nesta temporada junto ao Guarani sofreu uma punição de R$ 20 mil. Com o cartão vermelho, o lateral é ausência confirmada para o primeiro jogo da finalíssima do Gauchão.