Principal ativo do Grêmio desde o início de 2022, o meia Bitello coleciona sondagens e interessados no futebol europeu. Entretanto, até o momento, nenhuma proposta apresentada para o presidente Alberto Guerra e aos demais dirigentes do clube foi considerada satisfatória.

Seja pelos valores em si ou pela forma de pagamento, o Grêmio entende que os interessados precisam desembolsar mais para levar Bitello, que foi recentemente convocado para a seleção brasileira pré-olímpica. E a informação mais recente dá conta de que outro time europeu pode realizar uma oferta ao tricolor.

Galatasaray sinaliza ao Grêmio que fará proposta por Bitello

Com a janela de transferências das principais ligas europeias já fechada, alguns mercados paralelos ainda possuem a permissão para contratar novos jogadores. Um país é a Turquia, que está com a janela aberta até o dia 15 de setembro e tenta se beneficiar da diminuição de concorrentes para efetuar melhores contratações.

Com isso, a negociação pela compra de Bitello se restringe a, basicamente, apenas chegar aos valores solicitados pelo Grêmio. Este fator é importante para não ser iniciado um leilão, que poderia inflacionar o valor de mercado do jogador.

Bitello desperta interesse do Galatasaray, da Turquia. (Foto: Mohamed Bissar / CBF)
Bitello desperta interesse do Galatasaray, da Turquia. (Foto: Mohamed Bissar / CBF)

O Grêmio mantém sua posição intacta: Espera receber cerca de 10 milhões de euros (R$ 53,4 milhões na cotação atual) pelos 70% que detém do passe do atleta. A oferta mais recente foi do Feyenoord, da Holanda, que se propôs a pagar 7 milhões de euros (R$ 37,4 milhões) + bônus por desempenho de Bitello.

Além do valor considerado baixo, o Grêmio não se interessou pela forma de pagamento do clube holandês, que era parcelada.

Aos 23 anos, Bitello