O Grêmio venceu o Ypiranga nos pênaltis e está classificado para mais uma decisão do campeonato Gaúcho. O clube aguarda Internacional ou Caxias para saber quem será o adversário na final.
Após a classificação, o técnico Renato fez elogios a atuação do Tricolor, falou sobre Thiago Santos e chamou alguns da imprensa de "cornetinhas".

Confira o que falou o técnico Renato
Sobre a atuação da equipe, o técnico elogiou e disse que estão todos de parabéns.

"Estamos na final, isso que vale. Todos de parabéns, todos os departamentos, carimbamos pelo que o Grêmio vem fazendo no campeonato. Meu time jogou e jogou muito, não à toa criamos 26 situações de gols. O que a gente tem que corrigir é que estamos errando muitos gols. Pecamos, inclusive, lá em Erechim", falou Renato.

Sobre as vaias para Thiago Santos
Renato também comentou sofre as vaias sofridas pelo volante Thiago Santos, que atuou por cerca de 23 minutos e foi substituído pelo técnico.
"Não se faz isso com o jogador. Sujeito homem e profissional. Ficou marcado por uma jogada no ano passado. Nós dedicamos a nossa classificação a ele (Thiago Santos). Nunca vou deixar ninguém do meu grupo para trás, sempre vamos abraçá-los", disse o técnico, antes de completar porque tirou o volante.
" Eu o tirei porque tinha que colocar o time mais para frente, estava sendo vaiado, poderia acarretar em problemas maiores. Então eu poupei ele. Coloquei a equipe mais para frente, mas não quer dizer que não vou continuar o abraçando", completou Renato.

Renato finalizou chamando alguns da imprensa de "cornetinhas"
"Infelizmente, vivemos num estado que ficam implicando a semana toda, o mês todo, ano todo, para o jogador sair do clube, a realidade é essa. Pegaram no pé do Thiago de uma maneira. Esses cornetinhas da imprensa não largam do pé do jogador, vivem falando. É aqueles que ficam no ar condicionado. Tem medo de vir aos treinos aqui me encarar na coletiva. Eu chamaria o Thiago Santos para que pudessem falar na cara dele", disse o comandante.