No último sábado (10), a equipe do Catar sagrou-se bicampeã da Copa da Ásia. Ao vencer a Jordânia pelo placar de 3 a 1, com 3 gols de Akram Afif, o Catar ergueu a taça no mesmo estádio em que Lionel Messi ergueu a Copa do Mundo 2022. Mas o que isso tem a ver com o Grêmio? Bem, um dos jogadores do Catar quase veio jogar no tricolor gaúcho e mais abaixo você confere essa história direitinho.

Imagem: AFC/Divulgação
Imagem: AFC/Divulgação

Zagueiro campeão pelo Catar quase jogou no Grêmio

O zagueiro Lucas Mendes, de 33 anos, foi um dos destaques do Catar na conquista do título. Há dez anos no Catar, o brasileiro resolveu aceitar o desafio de defender esta seleção. O jogador já atuou por grandes clubes, como El Jaish, Duhail e Al Gharafa. Atualmente, Lucas Mendes defende o Al Wakrah.

Contudo, vamos ao fato inusitado que envolve o Grêmio nessa história toda. O zagueiro quase jogou no tricolor gaúcho em 2015. Na ocasião, o então executivo de futebol do Grêmio, Rui Costa, tentou trazer o zagueiro para Porto Alegre e inclusive, chegou a negociar com o jogador e seu empresário. Contudo, Lucas Mendes preferiu permanecer no Catar e o negócio acabou não saindo.

Com a conquista diante da Jordânia, o Catar conquistou a sua segunda Copa da Ásia consecutiva, tornando-se bicampeão do torneio. Em 2019, o Catar já havia vencido a competição com um feito incrível na decisão, quando bateu a seleção do Japão.

Na edição atual, o grande herói dos campeões foi Akram Afif, que marcou 8 gols e deu 3 assistências, sendo o maior artilheiro e o jogador com maior número de assistências da Copa da Ásia 2024.