Um dos principais ídolos da história do Grêmio, o zagueiro Pedro Geromel tem futuro indefinido no tricolor. Ainda se recuperando de lesão no joelho e um processo de artroscopia feita no início deste ano, o jogador de 37 anos de idade está muito próximo de fazer sua primeira partida em 2023.

Existe grande expectativa para que Geromel possa ser relacionado diante do Cruzeiro, neste domingo (27), às 19h (Horário de Brasília), em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que Geromel já havia sido relacionado diante do Fluminense, mas acabou ficando de fora da lista para não perder sessões de treinamento.

Como funciona o contrato de Geromel e seu salário em 2023

O atual contrato de Geromel com o Grêmio vai apenas até dezembro de 2023. Hoje, o zagueiro recebe um dos maiores salários do elenco tricolor, tendo vencimentos de aproximadamente R$ 950 mil mensais líquidos. Seu vínculo foi renovado em 2022 de forma automática após atingir metas de produtividade.

Desta vez, as partes precisam negociar para definir uma ampliação ou não da permanência de Geromel no clube. O clube já definiu internamente que não fará nenhum movimento até que tenha condição de fazer uma análise do desempenho do atleta.

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Mesmo assim, já está descartada a possibilidade de manutenção do patamar salarial. Alguns fatores, como a idade, pesam para que o clube condicione uma renovação a diminuição nos salários. Situação semelhante aconteceu com Kannemann, que após atuar pouco em 2022, reduziu seu salário pela metade para permanecer em 2023.

Geromel está no Grêmio desde 2014. Desde então, são 375 jogos, com 14 gols marcados e diversos títulos. Além disso, conquistou os títulos da Copa do Brasil de 2016, da Libertadores de 2017, da Recopa Sul-Americana de 2018, do Gauchão nos anos de 2018, 2019, 2020, 2021, 2022 e 2023, além da Recopa Gaúcha em 2021, 2022 e 2023.